04/11/2011 às 09:01h
Sem vencer há sete jogos, Palmeiras amarga maior jejum da "era Felipão"

 

O técnico Luiz Felipe Scolari vive um momento inédito sob o comando do Palmeiras. Acostumado a dias de glórias no clube, o treinador passa agora por seu maior jejum à frente do Verdão.

time alviverde amarga uma sequência de sete partidas consecutivas sem triunfos, algo que nunca havia acontecido no clube sob a batuta de Felipão, contando inclusive sua primeira passagem pelo Palestra Itália.

A última vitória do Palmeiras aconteceu no dia 22 de setembro, contra o Ceará. De lá para cá, o time amargou três empates (Atlético-GO, América-MG e Flamengo) e quatro derrotas (Santos, Fluminense, Figueirense e Atlético-MG).

Nesta série, o treinador não esteve à frente do time contra o Tricolor carioca por conta do casamento de seu filho, em Portugal, mas deixou seu auxiliar Murtosa na direção dos atletas.

Antes disso, desde seu retorno, Felipão havia atingido o período máximo de seis jogos semvitórias no clube. Já em sua primeira passagem pelo Verdão, entre 1997 e 2000, o técnico não ficou mais do que cinco jogos sem ganhar.

Apesar da série negativa atual, o pentacampeão segue com respaldo da diretoria do Palmeiras, que promete mantê-lo para 2012. O goleiro Deola, inclusive, elogia o clube por não ter trocado de técnico nesta má fase.

"A filosofia no Brasil é mudar o treinador, mas o fato de o Felipão estar no comando muda os padrões. Ele é um treinador capacitado, consegue usar mais o grupo que outra pessoa. Não adianta mudar agora na reta final. Não sei se acaba adiantando", afirmou.

O Palmeiras tentará acabar com o jejum no domingo, quando jogará contra o Coritiba, na Arena Barueri, pelo Brasileirão.

Espalhe por ai:
Link:
Esportes
ESPORTEFUTEBOL
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2021 - Grupo Nova Visão de Comunicação - /Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121