09/03/2011 às 06:42h
Invicta há nove jogos, Ponte Preta ameaça liderança do Corinthians

Depois de iniciar o Paulistão com derrotas para Mirassol e Mogi Mirim, a Ponte Preta embalou na competição e, nas últimas nove partidas, acumulou seis vitórias e três empates, resultados que colocam a Macaca campineira como sexta melhor equipe do Estadual. 

É esse retrospecto positivo que o time do interior quer levar ao Pacaembu nesta Quarta-feira de Cinzas (9), às 21h50 (de Brasília), para surpreender o Corinthians e tentar ficar a apenas um ponto do líder da competição, que soma 25 até agora.

Para alcançar o quinto êxito seguido no torneio, o técnico Gilson Kleina tem uma receita aparentemente simples: respeitar o Corinthians e, principalmente, deixar a preocupação com o longo período sem derrotas de lado.

- O Corinthians é o único time que ainda não perdeu, é muito forte e vai jogar em casa. A invencibilidade é muito legal e motivante, mas não podemos ficar nos prendendo a isso. Temos jogos difíceis pela frente e vamos continuar focados. Ponto final.

A grande novidade da equipe campineira será o lateral-direito Eduardo Arroz, que cumpriu suspensão automática na vitória sobre o Americana, na última rodada, e retomará seu posto entre os titulares.

O Corinthians, por sua vez, manterá o time que bateu o Linense na última rodada, com o meia Bruno César formando a dupla de armadores ao lado de Morais, já que Jorge Henrique ainda está lesionado e sem condições de jogo, assim como o zagueiro Chicão.

O técnico Tite continua batendo na tecla da produtividade para que a equipe alcance o estágio que considera ideal para brigar definitivamente por títulos na temporada.

- Precisamos continuar com a humildade de respeitar os adversários, mas também com a ambição de chegar mais à frente. Não pode haver descuido.

Novamente em boa fase, após passar por um período complicado no clube e ser perseguido por parte da torcida, o lateral-direito Alessandro mostrou ter entendido direitinho o recado do comandante.

- Ele [Tite] nos falou muito em humildade e ambição. A humildade é para marcar, para respeitar todos os adversários. A ambição é para a gente querer sempre melhorar. Essas coisas ficaram claras para todos nós.

O camisa 2 está ciente das dificuldades que a embalada Ponte Preta pode levar ao Corinthians no Pacaembu, mas se disse preparado para mais um desafio.

- Preocupações existem. Como somos líderes invictos e estamos jogando bem, os adversários vão impor problemas maiores ainda. Por isso, o time tem que se preparar bem mais.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS X PONTE PRETA

Local: estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 9 de março de 2011, quarta-feira
Hora: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Philippe Lombard
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Marco Antônio de Andrade Motta Júnior

 

CORINTHIANS: Julio Cesar; Alessandro, Wallace, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Morais e Bruno César; Dentinho e Liedson
Técnico: Tite

PONTE PRETA: Bruno; Eduardo Arroz, Leandro Silva, Ferron e João Paulo; Gil, Josimar, Mancuso e Renatinho; Éverton Santos e Márcio Diogo
Técnico: Gilson Kleina

Espalhe por ai:
Link:
Esportes
ESPORTEFUTEBOL
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2021 - Grupo Nova Visão de Comunicação - /Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121