09/05/2023 às 03:54h
Ministra vai à Capital para pressionar contra liberação de usinas no rio Cuiabá
Allan Mesquita/GD

Ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, vem à Cuiabá no dia 13 de junho para pressionar contra a liberação de usinas no rio Cuiabá. A agenda é articulada pelo deputado Wilson Santos (PSD), autor da lei derrubada que proibia os empreendimentos no rio.


Durante coletiva de imprensa nesta terça-feira (9), o parlamentar afirmou que buscará unir forças com entidades, figuras políticas, artistas e a sociedade organizada para mobilizar uma grande campanha para impedir a destruição do rio Cuiabá.


A mobilização ocorre após o Supremo Tribunal Federal (STF) derrubar a lei, de autoria de Wilson, que proibia as usinas na Capital. A norma foi estabelecida pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) em 2022, após longas discussões quanto ao impacto ambiental.

 

Atualmente, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente analisa estudos ambientais para o pedido de construção de 6 PCHs no rio Cuiabá.

 

“Vamos arregimentar todas as forças, formadores de opinião, artistas, políticos, intelectuais, segmentos não governamentais e até organizações internacionais para ajudar nessa caminhada para impedir a destruição do rio Cuiabá e do Pantanal”, disse.

Espalhe por ai:
Link:
Esportes
ESPORTEFUTEBOL
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2024 - Grupo Nova Visão de Comunicação -CNPJ 07.296.611/0001-78 - Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121