13/03/2023 às 10:31h
Favoritismo de Garcia à prefeitura incomoda Botelho
Allan Mesquita/GD

O favoritismo do governador Mauro Mendes (União) em torno da candidatura do deputado federal Fábio Garcia na disputa à Prefeitura de Cuiabá tem incomodado o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), Eduardo Botelho, que também deseja se lançar a prefeito de Cuiabá em 2024 com o apoio do Palácio Paiaguás.


Na manhã desta segunda-feira (13), o chefe do Legislativo convocou, com pouco humor, uma reunião com Garcia e a alta cúpula do União Brasil de Mato Grosso para tratar do assunto.

 

O encontro foi marcado após o chefe do Legislativo tomar conta, por meio de “entrelinhas” da imprensa, de que o governador Mauro Mendes (União) já teria definido o congressista como candidato do grupo para corrida ao Palácio Alencastro em 2024.


Botelho não recebeu com “bons olhos” a movimentação. Isso porque, de acordo com as articulações de bastidores, o combinado seria fazer uma pesquisa para saber qual o nome do União Brasil seria mais viável para lançar à disputa na Capital.


Conjunturas
Apesar de não admitir ser o candidato, Garcia tem se movimentado nos bastidores, inclusive com vereadores da bancada de oposição ao prefeito Emanuel Pinheiro (MDB). Os parlamentares entendem que os partidos que fazem frente à atual gestão devem criar uma aliança única para enfrentar o candidato que será lançado pelo grupo do emedebista.


O arco de aliança deve incluir o Partido Liberal (PL), legenda que tem entre os filiados o deputado federal Abílio Brunini (PL). Nesse caso, cumprindo o acordo feito para ter o apoio do governador nas eleições de 2022, Abílio abriria mão da disputa à prefeitura de Cuiabá para abraçar o projeto de Garcia pelo União Brasil.

Espalhe por ai:
Link:
Esportes
ESPORTEFUTEBOL
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2024 - Grupo Nova Visão de Comunicação -CNPJ 07.296.611/0001-78 - Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121