25/05/2022 às 05:43h
Juiz mantém prisão de dona de berçário acusada de maltratar crianças
Rodrigo Costa

uiz Conrado Machado Simão, da 2ª Vara da Comarca de Canarana, decidiu, em audiência de custódia realizada na última segunda-feira (23), manter a prisão preventiva da mulher dona de um berçário na cidade, presa no último dia 20 sob suspeita de torturar e maltratar crianças. A prisão preventiva havia sido decretada por uma juíza substituta.

 

A mulher está presa na cadeia de Nova Xavantina após o juiz Conrado Machado oficializar junto à Secretaria-adjunta Direitos Humanos o pedido da defesa para que ela fosse transferida para Nova Xavantina nas proximidades de familiares.

 

De acordo com informações, as investigações tiveram início neste mês após pais e responsáveis encaminharem fotos e vídeos das crianças com lesões para a Polícia Civil. O inquérito foi encerrado na última semana e foi solicitada a prisão preventiva. 

 

A reportagem do Gazeta Digital entrou em contato com o Fórum da Comarca de Canarana para esclarecimentos sobre o caso e foi informada que o caso é mantido em segredo de Justiça.

 

Ministério Público do Estado de Mato Grosso, por meio da Promotoria de Canarana, informa que acompanha o caso da prática de tortura contra crianças em um berçário no município e que por imposição da lei não pode prestar outras informações porque o caso corre em segredo de Justiça.

Espalhe por ai:
Link:
Esportes
ESPORTEFUTEBOL
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2022 - Grupo Nova Visão de Comunicação - /Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121