"Contudo, independente da situação, mais do que nunca é válida a recomendação de observar o plano de contingência, manter o distanciamento social, o uso da máscara e do álcool 70º por todos”, frisa.

 

Marchioro também destaca que os mais de 900 profissionais que atuam na rede municipal já receberam a segunda dose da vacina contra a covid-19. “Se alguém não recebeu, pedimos que entre no site, faça seu agendamento e se imunize. Temos vagas inclusive para hoje”, destaca.

 

A gestora da pasta de Educação e Cultura, Lúcia Drechsler, pontua que mesmo com a decisão do retorno 100% presencial, as famílias de alunos que apresentam comorbidades ou que tenham alguém com comorbidades na família, com laudo médico ou justificativa registrada em ata na unidade escolar, serão respeitadas. “É preciso comunicar a direção da necessidade dos alunos em continuar com o ensino remoto e justificar o motivo”, explica.

 

Segundo Lúcia, a previsão é que todas as unidades retornem 100% presencial de forma gradativa até a segunda quinzena de outubro. “Precisamos também nos organizar com a equipe da nutrição e do transporte para fornecer o lanche e transporte para todos”, explica.

 

Lúcia pontua que muitas unidades já estão atuando com toda a demanda e que todos estão seguindo os protocolos de segurança. “Assim que qualquer pessoa – estudante ou docente, servidores da escola, etc – apresentam sintomas gripais, são afastados e é recomendado que procurem o HMC”, detalha.

 

Hoje o Município tem 36 unidades escolares – 21 escolas e 15 CEMEIS; em que são atendidos mais de 16 mil alunos.

 

Esporte e Lazer

Além do retorno da educação, também foi aprovada a presença de público nos eventos esportivos municipais. Contudo, a recomendação é não ultrapassar 50% da capacidade do espaço. “Também não será mais cobrada a vacina para entrar nesses espaços. Isso não significa que não devemos vacinar; pelo contrário: a vacina já mostrou sua eficácia e quem não foi imunizado deve procurar urgentemente. Não iremos cobrar simplesmente porque não há imunizantes disponíveis para o público menor de 12 anos”, explica Marchioro. “Lembrando que a equipe da Vigilância Sanitária do Município irá continuar com a fiscalização”, diz.

 

O secretário de Esporte e Lazer, Júnior Brandão, frisa mais uma vez que quem for acompanhar esses eventos deve ir de máscara, manter o distanciamento e fazer uso do álcool 70º. “Destacamos mais uma vez que a liberação é somente para eventos do Município; Jogos Estaduais e outras atividades de fora do Município seguirão as recomendações das esferas estadual e nacional”, completa Brandão.