28/07/2021 às 12:28h
'Não dá para colocar todo mundo no mesmo balaio', diz Sintep sobre volta às aulas
Khayo Ribeiro/GD

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público de Mato Grosso (Sintep), Valdeir Pereira, afirmou que há municípios que têm condições de retomar as aulas presenciais, mas que "não dá para colocar todo mundo no mesmo balaio".

 

Durante entrevista ao Jornal do Meio Dia, nesta terça-feira (27), o presidente disse que em certas cidades os profissionais da Educação já foram completamente imunizados com as duas doses e nestes municípios também haveria uma baixa curva da covid-19.

 

 

Neste caso, para o gestor, o retorno das aulas é possível. Contudo, em outras cidades com condições adversas não seria viável "voltar de qualquer jeito". A fala do presidente vai de encontro ao entendimento do Estado, que definiu o retorno para todos municípios via sistema híbrido para o próximo dia 3.

 

"A gente tem apontado que tem alguns municípios nos quais os profissionais da Educação já foram totalmente imunizados e onde temos uma curva baixa e condições de biossegurança. Nesses municípios o retorno das atividades presenciais é possível de ser discutido e até mesmo retomar, porque atendem a 3 requisitos", disse.

 

O sindicalista foi questionado sobre as famílias cujos membros estão no ambiente escolar e dependem da alimentação dada nas escolas. Ao falar sobre o assunto, Valdeir Pereira afirmou que essa é uma questão que envolvem o desemprego e atinge a toda sociedade, mas que não deve ser determinante sobre a volta às aulas.

 

"Agora, não poderemos apelar a essas condições um retorno no qual nós não temos garantida a segurança das escolas. Como eu disse antes, tem município que tem condições de retornar, mas não dá para colocar todo mundo no mesmo balaio e voltar de qualquer jeito", disparou.

 

Diante desta situação, o Sintep convocou uma assembleia para ouvir os profissionais na próxima segunda-feira (2). No encontro será discutido o modelo de retorno das aulas para este segundo semestre.

 

Volta às aulas

O Governo do Estado anunciou que irá contratar 4,7 mil servidores da Educação para retomarem às aulas no dia 3 de agosto.

 

Em entrevista coletiva na manhã de segunda-feira (27), o secretário de Estado de Educação, Alan Porto, e o governador Mauro Mendes (DEM) garantiram que as unidades estarão preparadas para receber os alunos e professores de forma segura.

 

Segundo o secretário, com as aulas à distância não era necessário todo o contingente de trabalhadores para atender aos alunos de forma virtual, mas com o modelo presencial isso se faz necessário.

 

“Os alunos não tem paciência para ficarem na frente de uma tela. Os professores também não”, argumentou o secretário, que assegurou regras como janelas abertas para ventilação e distanciamento social para evitar contaminação pelo novo coronavírus.  

Espalhe por ai:
Link:
Esportes
ESPORTEFUTEBOL
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2021 - Grupo Nova Visão de Comunicação - /Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121