28/01/2021 às 06:32h
Ministério da Saúde não autoriza adiamento da segunda dose da Coronavac

Órgão disse que não há evidências científicas para permitir o intervalo

Divulgação/Instituto Butantan©  Divulgação/Instituto Butantan

O Ministério da Saúde informou por meio de nota nesta quinta-feira (28) que não autoriza um maior tempo entre as doses da “. O pedido havia sido feito pelo Governo de São Paulo com o argumento de consergir dar a primeira dose para um grupo maior sem precisar reservar a segunda, mas foi negado pelo órgão federal.

“Não há evidências científicas de que a ampliação desse intervalo irá oferecer a proteção necessária à população.”, informou a pasta. Com isso a recomendação é para os estados manterem o cronograma e reservarem a segunda dose do imunizante para todos que tomaram a primeira.

O governo de São Paulo entrou com pedido na quarta-feira (27) para poder usar todas as doses disponíveis da Coronavac sem reservar a segunda.

"Considerando a necessidade de imediata ampliação do processo de vacinação e considerando a escassez ou insuficiência de imunizantes enviados pelo Ministério da Saúde, [o governo] solicita a utilização de todo o quantitativo da CoronaVac sem reservar metade para a segunda dose", disse pedido assinado por Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan, e pelo secretário da Saúde, Jean Gorinchteyn.

“Hoje, a segunda dose está prevista para ser feita em até 28 dias após a primeira. No entanto, do ponto de vista científico biológico, é possível pensar que a segunda dose dada em uma data posterior aos 28 dias seja até mais eficaz. Então, o Centro de Contingência, neste momento, é favorável à possibilidade de ter uma extensão", afirmou o coordenador do Centro de Contingência, Paulo Menezes.

Já o Ministério da Saúde ressaltou que “é importante ressaltar que as recomendações têm como base os estudos clínicos da fase 3 do imunizante, que indicam que o intervalo entre a primeira e a segunda dose deve ser de duas a quatro semanas. Não há, até o momento, evidências científicas de que a ampliação desse intervalo irá oferecer a proteção necessária à população".

Espalhe por ai:
Link:
Esportes
ESPORTEFUTEBOL
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2021 - Grupo Nova Visão de Comunicação - /Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121