28/01/2021 às 05:45h
Mauro afirma que Deccor é para investigar 'sem pirotecnia'
Jessica Bachega e Noelisa Andreola/GD

O governador Mauro Mendes (DEM) afirmou que a Delegacia Especializada de Combate à Corrupção (Deccor) não tem a função de investigar somente o prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB), mas sim todos o entes públicos aos quais tem jurisdição e pediu para que o trabalho deles seja feito  " sem pirotecnia".


"A delegacia não tem a função de investigar as mazelas do prefeito de Cuiabá, ela tem a função de investigar toda e qualquer mazela, seja ela da Prefeitura de Cuiabá, qualquer prefeitura, do Governo, ligado ao entes estaduais aos quais tem jurisdição", disparou em coletiva à imprensa na terça-feira (26).



Mendes enfatizou que cobra constantemente para que seja investigado todos os casos da Deccor e nada seja deixado de lado.


"Eu cobro deles, cobro do nosso delgado Mário Dermeval, que precisam dar mais respostas objetivas, com segurança, sem pirotecnia, com responsabilidade. Investigar toda e qualquer denuncia apresentada e dar efetividade. Não pode engavetar, como nós sabemos tem algumas denuncias que estão há anos nos bastidores e nunca vai pra frente", pontuou.


Em 2020, o chefe de Executivo questionou o fato dos órgãos de controle não estarem investigando a gestão de Emanuel. Na época, chegou a falar que a Deccor e o Ministério Público Estadual (MPE) precisavam ter a "orelha" puxada.


Por outro lado, o prefeito emedebista também acusou o governador de usar a máquina pública para promover, segundo ele, uma perseguição política.

Espalhe por ai:
Link:
Esportes
ESPORTEFUTEBOL
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2021 - Grupo Nova Visão de Comunicação - /Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121