18/09/2020 às 08:37h
Maioria defende impedimento de Lula para concorrer em 2022, diz pesquisa
Raquel Lopes

Um levantamento da Paraná Pesquisas divulgado nesta 6ª feira (18.set.2020) mostra que 64,8% da população gostaria que a Justiça não permitisse que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seja candidato à presidência nas eleições de 2022. A pesquisa foi realizada por telefone com pessoas de 16 anos ou mais nos 26 Estados e no Distrito Federal. Ela foi aplicada entre os dias 10 a 12 de setembro de 2020.

A pesquisa aponta ainda que 31,6% da população gostaria que a Justiça permitisse a candidatura do ex-presidente e 3,6% não souberam ou não quiseram opinar.

A maior porcentagem das pessoas que gostariam de uma intervenção da Justiça na possível candidatura de Lula são do sexo masculino, tem ensino superior completo, idade entre 45 a 59 anos e moram na região Sudeste. (íntegra)

O levantamento mostra mais outras duas perguntas. Para 65,8% dos entrevistados Lula não será o principal adversário do presidente Jair Bolsonaro nas eleições de 2022. Já 30,6% acredita que ele será o principal oponente, 3,6% não souberam ou não opinaram.

A maioria dos entrevistados (70,6%) também responderam que Lula não deve ser candidato a presidente nas próximas eleições. Já 26,2% acreditam que ela deveria ser candidato e 3,1% não sabem ou não souberam opinar.

Lula diz que não quer ser candidato

Lula já declarou que não pretende se candidatar em 2022. Além disso, só a intenção não seria suficiente, já que o ex-presidente está inelegível pois foi condenado em 2ª Instância em 2 processos: o do tríplex no Guarujá e do sítio em Atibaia, ambos derivado da Lava Jato.

A presidente nacional do PT e deputada federal pelo Paraná Gleisi Hoffmann declarou, em entrevista ao jornalista Fernando Rodrigues, que é “possível” o partido fazer uma composição com outra sigla de esquerda e abrir mão da cabeça de chapa na eleição presidencial em 2022. Ela acrescenta, no entanto, que é preciso “ter voto” para assumir essa posição.

Pesquisa PoderData, publicada nesta 5ª feira (17.set.2020) indica que o presidente Jair Bolsonaro em eventual disputa empataria no 2º turno na eleição presidencial de 2022 com o ex-presidente Lula e com o ex-ministro da Justiça e ex-juiz federal Sergio Moro (sem partido).

No entanto, o atual presidente venceria os ex-ministros Fernando Haddad (PT) e Ciro Gomes (PDT) e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB). 

Espalhe por ai:
Link:
Esportes
ESPORTEFUTEBOL
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2020 - SOLANGE PRISCILA DE SOUZA - CNPJ: 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121