05/08/2020 às 09:13h
Após 14 dias internado, cacique Aritana morre de covid-19
Vitória Lopes/GD

O cacique Aritana Yawalapiti, de 70 anos, não resistiu e faleceu nesta quarta-feira (5), após ser internado com covid-19, no Hospital São Francisco de Assis, em Goiânia (GO). Líder do Alto Xingu, Aritana ficou em um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) por 14 dias.


O respeitado líder deu entrada na unidade médica no dia 22 de julho, com parte do pulmão comprometido em decorrência da doença. Ele era hipertenso.

 

A princípio, o cacique estava sendo tratado na aldeia. Contudo, seu quadro clínico piorou e ele precisou ser levado para um hospital de Canarana (distante 604 km de Cuiabá). Necessitando de um tratamento especializado, ele foi transferido novamente, desta vez para um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no estado vizinho.


Líder conhecido por defender os direitos dos indígenas e a proteção da Amazônia, o cacique teria iniciado uma campanha de arrecadação de fundos para levar cuidados médicos à comunidade.


Na reserva do Parque Indígena Xingu, com área estimada em 26.000 km², vivem cerca de 6.000 indígenas de 16 etnias.

Espalhe por ai:
Link:
Esportes
ESPORTEFUTEBOL
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2020 - SOLANGE PRISCILA DE SOUZA - CNPJ: 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121