03/08/2020 às 09:06h
FPF diz que Corinthians e Palmeiras farão testes para covid-19 antes do jogo de volta
TESTE ANTES DO JOGO
Gazeta Esportiva

Corinthians e Palmeiras chegaram a acordo quanto aos testes de covid-19

Após a polêmica envolvendo os testes de covid-19 antes da final do Campeonato Paulista, a Federação Paulista de Futebol informou em comunicado que Corinthians Palmeiras, em comum acordo, farão novos exames antes da partida de volta, marcada para o próximo sábado (8), às 16h30 (de Brasília), no Allianz Parque.

Mais cedo nesta segunda-feira, o presidente Andrés Sanchez afirmou em reunião com o presidente da FPF, Reinaldo Carneiro Bastos, e o presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, que não realizaria testes da doença em seus jogadores antes da decisão. O mandatário alvinegro alegou que o elenco e a comissão técnica cumpriram o protocolo de confinamento.

O documento assinado por Moisés Cohen, presidente da Comissão Médica da entidade, ainda confirmou que, por manter o grupo isolado depois do duelo contra o Mirassol, pela semifinal, o Corinthians não tem a obrigação de testar sua delegação. Com isso, os atletas do Timão não devem passar por novos exames para a partida desta quarta-feira (5), às 21h30, na Arena de Itaquera.

A nota também confirma que o Palmeiras liberou seus jogadores da concentração após a vitória contra a Ponte Preta. Desse modo, a equipe alviverde teria que passar pelos testes de qualquer maneira.

Pouco tempo depois do posicionamento de Andrés ser noticiado, o Corinthians divulgou um comunicado em que cutucou o Verdão, afirmando que seguiu “à risca o acordo, diferentemente da Sociedade Esportiva Palmeiras, que descumpriu e liberou seus atletas depois de cada partida, o que nunca foi permitido”.

Confira na íntegra a nota publicada pela Federação Paulista de Futebol:

A Comissão Médica da Federação Paulista de Futebol vem a público esclarecer questionamentos sobre o protocolo do Campeonato Paulista – Série A1:

1) O protocolo da competição foi elaborado e aprovado por unanimidade pelos médicos dos 16 clubes participantes do campeonato;

2) O documento prevê que as delegações deveriam ser testadas e, após os resultados, se concentrariam para as partidas em locais previamente preparados e higienizados;

3) O Sport Club Corinthians Paulista atuou contra o Mirassol com toda sua delegação testada. Após a partida, o clube continuou com seu grupo isolado, o que, de acordo com o protocolo, não obriga realização de novo teste para o próximo jogo;

4) A Sociedade Esportiva Palmeiras optou por não manter os atletas confinados e concentrados após a partida contra a Ponte Preta. Assim, seguindo o mesmo conceito do protocolo, antes da concentração para a partida seguinte, a delegação deve ser testada;

5) A FPF informa ainda que, em comum acordo com os dois clubes, serão realizados testes de PCR-RT em ambas delegações, estando concentradas ou não, antes da partida decisiva, marcada para sábado, às 16h30. Os testes serão realizados pelo Albert Einstein, por meio de convênio que a FPF possui com o hospital.

Prof. Dr. Moisés Cohen

Presidente da Comissão Médica da FPF

Espalhe por ai:
Link:
Esportes
ESPORTEFUTEBOL
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2020 - SOLANGE PRISCILA DE SOUZA - CNPJ: 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121