03/08/2020 às 09:02h
Filho de vereador furta ambulância para passear com amigos
Norte de Minas
Luiz Ribeiro

Kildery (à direita), na gravação com os amigos© Reprodução Kildery (à direita), na gravação com os amigosEm plena pandemia de COVID-19, no município de Rubelita, de 6 mil habitantes, no Norte de Minas, uma ambulância foi furtada pelo filho de um vereador e usada para um passeio e diversão com os amigos. No enfrentamento ao coronavírus, sobretudo nos pequenos municípios, muitas vezes, a ambulância representa um dos principais mecanismos de atendimento à população.

O caso aconteceu na madrugada de sábado (1) e foi divulgado nesta segunda-feira (3). O rapaz, identificado como Kildery Rodrigues Morais,  de 22 anos, chegou gravar um vídeo com os amigos, no qual ele aparece dentro da ambulância e se divertindo com os amigos. Na gravação, ele  diz: “O motorista aqui é (sic) eu, pai”. A filmagem circula em grupos de WhatsApp na região. 

 

Após o “passeio”, a ambulância foi devolvida à Secretaria de Saúde do município pelo pai do jovem, que, além de vereador, é motorista do órgão municipal. O furto da ambulância foi registrado em boletim de ocorrência pela Policia Militar.

Em Rubelita, existem apenas duas ambulâncias, sendo uma mantida em uso constante e outra como “reserva” para emergências. A cidade conta somente com  um centro de saúde. Por isso, o transporte de ambulância é muito usado para levar pacientes ao hospital mais próximo, em Salinas (a 30 quilômetros de distância). Conforme  a Secretaria de Estado de Saúde, até agora, foram registrados três casos da COVID-19 na cidade. 

De acordo com a PM, o filho do vereador Édio Morais, após sofrer ferimentos leves em uma briga, foi até o centro  de saúde de Rubelita, em busca de atendimento médico. Após ser atendido, ele solicitou que o motorista da ambulância o levasse até Lagoa de Baixo, distrito onde mora a família dele, na zona rural, distante 56 quilômetros da sede de Rubelita, passando por Salinas.

Servidores do posto de saúde argumentaram que a ambulância só poderia ser usada para o transporte de pessoas  para o tratamento de saúde. Conforme a PM, passado algum tempo, ainda de madrugada, aproveitando que a ambulância estava estacionada na porta da unidade, com a chave na ignição, o filho do vereador entrou no  veículo e saiu dirigindo. A ação não foi percebida pelos funcionários do posto, que estavam no interior do  prédio.

O sargento Wallison Deyvid Durães Guimarães, comandante do destacamento da PM em Rubelita, informou que Kildery dirigiu a ambulância até Lagoa de Baixo. Em seguida, foi até Salinas, onde se encontrou com amigos. Na sequência, retornaram para Lagoa de Baixo, quando teriam gravado o vídeo. 

Durante o “passeio’, o veículo da saúde rodou 108 quilômetros. No sábado à tarde, após lavar a ambulância, o vereador devolveu o veículo à Secretaria Municipal de Saúde. 

De acordo com o boletim de ocorrência da PM, ele minimizou atitude e negou que o jovem e seus amigos estivessem embriagados no vídeo dentro da ambulância, mas que “apenas estavam felizes”.  

O que diz a Secretaria de Saúde de Rubelita

O secretário municipal de Saúde de Rubelita, Kildare Jonh Mendes de Almeida, divulgou nesta segunda-feira (3) nota de esclarecimento sobre o “lamentável episódio”, envolvendo o filho do vereador da cidade. O secretário diz que “houve prática do crime de furto (e) de uso da ambulância, que se encontrava em frente ao Centro de Saúde, para atender situações de emergência da saúde do município.

Na nota, Kildare Almeida afirma que o veiculo foi devolvido para a prefeitura sem sofrer danos e que, logo após tomar conhecimento do fato,  funcionários da Secretaria Municipal de Saúde providenciaram o registro de boletim de ocorrência pela Policia Militar. 

Assegura  que o caso será alvo de investigação pela Policia Civil. Além disso, será aberta sindicância interna pelo município “para apurar eventuais responsabilidades de seus servidores”

Espalhe por ai:
Link:
Esportes
ESPORTEFUTEBOL
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2020 - SOLANGE PRISCILA DE SOUZA - CNPJ: 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121