23/07/2020 às 10:27h
Ouvidoria da PM recebe denúncia de funeral com aglomeração
denúncia de funeral com aglomeração
Redação do GD

A Ouvidoria Geral de Polícia recebeu nesta quarta-feira (22) o relato sobre a aglomeração ocorrida durante o sepultamento do líde da igreja Assembleia de Deus, pastor Sebastião Rodrigues de Souza, em Cuiabá. O funeral contou com a participação direta do secretário de Ordem Pública de Cuiabá, Leovaldo Sales, que é coronel da reserva da Polícia Militar. 

 

A aglomeração de aproximadamente 5 mil pessoas, que contou com apoio da Polícia Militar, se deu no dia 8 de julho de 2020, e foi descrita na denúncia do Conselho de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana.

 

O ato desobedeceu o decreto municipal que proíbe aglomerações devido à  elevada taxa de contaminação do coronavírus registrada em Cuiabá e Várzea Grande. O conselho destacou, no documento, o respeito ao falecido que por mais de 40 anos foi referência na Igreja Assembleia de Deus.

  

Dado o risco de contágio, muitas pessoas denunciaram a aglomeração que é um dos principais fatores de disseminação da covid-19 que já provocou mais de 1.400 mortes em Mato Grosso. A aglomeração pode ser tipificada como crime contra a saúde pública, cuja denúncia pede apuração sobre a convocação e estrutura envolvida no evento.

 

Foram acionados o Ministério Público Estadual, Prefeitura de Cuiabá e a Corregedoria da PM para averiguação. (Com informações da assessoria)

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2020 - SOLANGE PRISCILA DE SOUZA - CNPJ: 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121