16/07/2020 às 11:38h
Guia uruguaio é achado morto e corpo espera 9 horas até ser recolhido
SUSPEITA DE COVID
Jessica Bachega

O corpo do guia de turismo José Maria Fernandez Sundberg, 63, foi achado na casa em que ele morava, no centro de Várzea Grande. A vítima estava nua da cintura para baixo e vizinhos disseram que ele tinha suspeita de covid-19. O homem foi encontrado por volta das 13h e só foi removido da casa para os procedimentos fúnebres depois das 22h.

Informações do boletim de ocorrências dão conta de que a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) e a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) não compareceram ao local.


Conforme informações do registro policial, a equipe foi chamada para comparecer ao local, onde havia suspeita de uma pessoa em óbito. No endereço, os policiais foram recebidos pelo porteiro do condomínio. O trabalhador disse que o uruguaio estava com covid-19 e que fazia dias que não conseguia falar com ele.


O homem indicou qual era a casa de José Maria e os policiais precisaram pular o muro para acessar o imóvel, já que ninguém atendia. Os militares encontraram a porta dos fundos encostada.


O corpo da vítima foi achado no quarto, deitado de barriga para baixo e sem as roupas na parte de baixo. Não há informações sobre ferimentos que possam ter levado o guia a morte.


O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado e a médica atestou o óbito, mas não pode afirmar o que pode ter tirado a vida do estrangeiro.


Vizinhos informação que José Maria era uruguaio e que não tinha em Várzea Grande.


No boletim registrado pela Polícia Militar consta observações de que a DHPP e a Politec foram chamados, mas se recusaram a irem até o local para realizar os procedimentos adequados e investigar a morte.


O corpo ficou aos cuidados da assistência social de Várzea Grande e os pertences da vítima sob a responsabilidade da dona do imóvel.


Não há informações sobre quanto tempo o homem estava morto até ser localizado e ficou no local por mais de 9 horas até ser removido e encaminhado para enterro.


A Polícia Civil foi procurada e não respondeu até a publicação da matéria. A Politec informou que a equipe só vai ao local em caso de morte criminosa. No caso do guia, aparentemente se trata de morte natural.

 

A Prefeitura de Várzea Grande foi procurada e encaminhou a seguinte nota


A Promoção Social do município que adotou todas as providências, inclusive para contactar possíveis parentes do falecido no Uruguai para as devidas providências. Foi acionado o Ministério das Relações Exteriores e se não houver reclamações vai ser sepultado na cidade. Não há confirmação se a morte foi causada por covid-19.

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2020 - SOLANGE PRISCILA DE SOUZA - CNPJ: 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121