05/05/2020 às 10:59h
CPI que investiga prefeita de Sinop retoma atividades

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Câmara de Sinop (500 km ao norte da Capital) que investiga suposto nepotismo da prefeita Rosana Martinelli (PL) retoma as atividades nesta semana. O retorno acontece após a liberação do funcionamento do serviço público no município após período de quarentena por causa da covid-19.

 

Instaurada em dezembro de 2019, a CPI do Nepotismo investiga a contratação de parentes da prefeita e de seus secretários na administração pública municipal.


Inicialmente o prazo da CPI era de 120 dias, que foram aumentados por causa do isolamento social imposto por causa da nova pandemia. Fazem parte da comissão os vereadores Joacir Testa (PDT), Leonardo Visera (PP), Joaninha (MDB), Ícaro Severo (PSDB) e Billy Dal Bosco (PL).

 

Um levantamento preliminar da Câmara mostrou que a prefeitura tem cerca de 450 cargos comissionados. O nepotismo é vetado pela Súmula 13 do Supremo Tribunal Federal (STF) e, caso seja comprovado, leva a sanções ao agente público que cometeu o crime.


Fonte: Gazeta Digital

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2020 - SOLANGE PRISCILA DE SOUZA - CNPJ: 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121