29/04/2020 às 11:39h
Metade dos cadastrados é aprovada para receber o auxílio emergencial de R$ 600

Metade das pessoas cadastradas até agora já foi aprovada para receber o auxílio emergencial de R$ 600, pago em três parcelas. Segundo a Dataprev, empresa que avalia as informações para liberar o pagamento, dos 92,8 milhões de CPFs analisados e encaminhados para a Caixa, 50,3 milhões (54%) são elegíveis para receber a ajuda.

 

 

Já o número de CPFs reprovados chega a 28,9 milhões, um terço dos que se inscreveram. Essas pessoas poderão ter uma nova avaliação. O aplicativo Caixa Auxílio Emergencial passou a disponibilizar a possibilidade de nova solicitação ou contestação do resultado da análise.

 

Em processamento

A Dataprev recebeu ao todo 98 milhões de CPFs para fazer a análise. O número total inclui trabalhadores que se cadastraram pelo aplicativo ou pelo site auxilio.caixa.gov.br, além dos inscritos no CadÚnico do governo federal e dos beneficiários do Bolsa Família.

 

Até esta terça-feira (28), já haviam sido processados 94% dos pedidos encaminhados pela Caixa. Faltam ser analisados 5,15 milhões de requerimentos: 1,7 milhão do período de 7 a 10 de abril; 300 mil, de 11 a 17 de abril; e 3,15 milhões, de 18 a 22 de abril. "Os dados precisaram de processamento adicional em função da complexidade de cenários e cruzamentos", afirma a Dataprev.

 

O grupo de quem faz parte do Bolsa Família e do CadÚnico já teve 100% da análise dos dados realizada, e todos os que tinham direito estão recebendo o auxílio.


Pagamento

A Dataprev trabalha no processamento das informações e a homologação dos dados em conjunto com o Ministério da Cidadania. A Caixa é responsavel por fazer o dinheiro chegar até as pessoas.

 

A ajuda foi criada para diminuir os impactos do coronavírus na população de baixa renda. Serão três parcelas de R$ 600, no caso de mães solteiras, o valor é em dobro, ou seja, de R$ 1.200. Desde 9 de abril, 44,3 milhões de pessoas já receberam o benefício, num total de R$ 31,3 bilhões. Entre os inscritos pelo aplicativo Caixa Auxílio Emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br, 15,2 milhões já receberam a primeira parcela.

 

Confira os grupos analisados:

 

Grupo 1 – MEIs, CIs e informais (aplicativo e portal Caixa)
Cadastros recebidos: 46 milhões
Cadastros processados: 40,85 milhões (89%)
CPFs elegíveis: 20,27 milhões
CPFs inelegíveis: 6,97 milhões
CPFs inconclusivos (com necessidade de revisão cadastral): 13,61 milhões

 

Grupo 2 – (Cadastro Único e beneficiários do Programa Bolsa Família)
Cadastros recebidos: 19,9 milhões
Cadastros processados: 19,9 (100%)
CPFs elegíveis: 19,2 milhões
CPFs inelegíveis: 0,7 milhões

 

Grupo 3 – (Cadastro Único e não beneficiários do Programa Bolsa Família)
Cadastros recebidos: 32,1 milhões
Cadastros processados: 32,1 (100%)
CPFs elegíveis: 10,8 milhões
CPFs inelegíveis: 21,3 milhões

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2020 - SOLANGE PRISCILA DE SOUZA - CNPJ: 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121