28/04/2020 às 10:23h
Brasil e Itália fracassa tendo menor audiência que todo Paulista de 2019

Romário chorou.

 

Bebeto chorou.

 

Galvão Bueno chorou.

 

Os três se deixaram levar pela emoção, após 26 anos.


Mas quem deve ter derramado lágrimas de decepção, e não de alegria, foram os executivos dos patrocinadores do futebol na Globo, após a repetição de Brasil e Itália, decisão da Copa de 1994.

 

As cúpulas da Ambev, Casas Bahia, Chevrolet, Hypera Pharma, Itaú e Vivo comprometeram R$ 1,8 bilhão nas transmissões de futebol da emissora carioca.

 

E não há como não se desesperar, com a escolha de executivos globais, para preencher a lacuna do futebol, por conta da pandemia do coronavírus.

 

Como a Globo tem de 'pagar' a transmissão de 65 partidas neste ano, a decisão foi mostrar vitórias marcantes da Seleção Brasileira.

 

Os jogos são meras desculpas para as propagandas dos patrocinadores.

 

A emissora, dona do monopólio do futebol na tevê aberta neste país, não teve coragem de se comprometer com títulos importantíssimos conquistados por clubes. Para evitar boicotes de torcidas adversárias.

 

A saga já havia começado mal. A partida da conquista do pentacampeonato, em 2002, 2 a 0 diante da Alemanha, há duas semanas, atingiu apenas 21 pontos.

 

O que era ruim, ficou muito pior com a decisão de mostrar a vitória, em 2005, na final da Copa das Confederações, contra a Argentina, mal chegou a 14 pontos.

 

Preocupada, a cúpula da emissora fez o possível para atrair pela emoção, o jogo deste domingo, dia 26 de abril.

 

O jogo escolhido: Brasil e Itália, final da Copa de 1994. Aliás, a pior decisão de Mundial de todos os tempos. A única com 0 a 0 nos noventa minutos. E nos 30 minutos de prorrogação.

 

120 minutos de torturantes 0 a 0.

 

Até a vitória nos pênaltis por 3 a 2.

 

Foram várias matérias durante a semana para tentar atrair os torcedores.

 

Mas o telespectador tem neurônio.

 

Não havia motivo para ficar mais de duas horas diante de uma tela de televisão, para ver uma partida fraca, que todos sabem o resultado. E que pode ser acessada a qualquer momento na Internet, no Youtube, gratuitamente.

 

Lógico que o resultado foi frustrante.

 

16 pontos de audiência.

 

Simplesmente todos as partidas do Campeonato Paulista de 2019 deram mais audiência que o jogo de hoje.

 

Confrontos entre times grandes e pequenos despertaram mais telespectadores do que assistir Galvão Bueno histérico, gritando 'é tetra', depois que Baggio, contundido, cobrou seu pênalti por cima.

 

O mercado da cidade mais rica da América Latina é o alvo dos patrocinadores.

 

Mas os paulistas, mesmo aprisionados em casa, por conta do coronavírus, fogem dos replays da Globo.

 

No mercado publicitário, os comentários são que os patrocinadores não aceitarão pagar o 'preço cheio', o R$ 1,8 bilhão, com esses jogos repetidos de audiência baixa.

 

Repetindo, Brasil e Itália deu 16 pontos.

 

Abaixo, estão as audiências de todos os jogos que a Globo transmitiu do Paulista de 2019.

 

Todos tiveram mais interesse que Brasil e Itália.

 

Mas a Globo vai insistir.

 

Mostrará no próximo domingo a conquista mais mentirosa da Seleção Brasileira.

 

A vitória por 3 a 0 contra a Espanha, na decisão da Copa das Confederações, em 2013.

 

Em 2014, o mesmo time mostraria seu real potencial.

 

Perdendo por 7 a 1 para a Alemanha...

 

Os jogos do Paulista de 2019

20/01 Domingo 17h

Corinthians 1 x 1 São Caetano, 22 pontos

 

27/01 Domingo 17h

Santos 2 x 0 São Paulo, 20 pontos

 

03/02 Domingo 17h

São Paulo 1 x 0 São Bento, 17 pontos

 

10/02 Domingo 17h

Novorizontino 1 x 0 Corinthians, 20 pontos

 

17/02 Domingo 17h

Ferroviária 0 x 0 Palmeiras, 25 pontos

 

24/02 Domingo 17h

São Paulo 0 x 0 Red Bull, 19 pontos

 

27/02 Quarta 21h30

Palmeiras 3 x 2 Ituano, 17 pontos

 

10/03 Domingo 16h

Corinthians 0 x 0 Santos ,25 pontos

 

17/03 Domingo 16h

Corinthians 1 x 0 Oeste, 22 pontos

 

20/03 Quarta 21h30

Palmeiras 1 x 0 Ponte Preta, 25 pontos

 

23/03 Domingo 16h

São Paulo 2 x 1 Ituano,21 pontos


27/03 Quarta 21h30

Corinthians 1 x 1 Ferroviária, 29 pontos

 

31/03 Domingo 16h

Corinthians 2 x 1 Santos, 30 pontos

 

07/04 Domingo 16h

Palmeiras 0 x 0 São Paulo, 31 pontos

 

14/04 Domingo 16h

São Paulo 0 x 0 Corinthians, 38 pontos

 

21/04 Domingo 16h

Corinthians 2 x 1 São Paulo, 39 pontos

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2020 - SOLANGE PRISCILA DE SOUZA - CNPJ: 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121