28/04/2020 às 10:15h
Maggi diz que Moro arruinou a economia e aprova demissão

O ex-ministro da Agricultura Blairo Maggi (PP) elogiou a demissão de Sérgio Moro do Ministério da Justiça e Segurança Pública e de Luiz Henrique Mandetta do ministério da Saúde nos últimos dias.  Para Maggi, se o presidente Jair Bolsonaro não exonerasse Mandetta e Moro, "o governo dele tinha acabado esta semana". As mensagens foram postadas via Wathsapp em grupo de empresários e lideranças neste domingo (26).  

 

O grupo de mensagens, de alcance nacional, é denominado 'Empreendedores Brasil', que conta com a participação de várias autoridades e empresários, como os ministros da Infraestrutura Tarcísio Freiras, da Agricultura, Tereza Cristina, do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e o empresário Luciano Hang.  


Maggi também afirmou que Sérgio Moro seria o responsável pela crise econômica do país e que usou a magistratura para cunho político.  

 

"O Moro construiu sua história sobre milhares de desempregados da Lava Jato, ruína da economia. Tudo poderia ter sido feito diferente, coibindo os ilícitos e preservando  as empresas e os empregos. Conduziu a Lava Jato com o olho na Política! Este foi seu maior pecado, felizmente este tipo de atitude tem vida curta", criticou.  

 

Apesar de concordar com a demissão de Moro e Mandetta, Maggi criticou o apoio irrestrito ao presidente, classificando como "mensagens ufanistas".  "Votei no Bolsonaro, torço para que ele acerte no governo, mas não posso me calar nas coisas erradas, já ficar aplaudindo tudo quanto é “M” [merda] que o governo faz, não ajuda em nada, pelo contrário".  

 

Maggi também ironizou no grupo os apoiadores irrestritos, que dizem que Bolsonaro criou a 'melhor equipe de ministros da história da República'. "7 ou 8 já foram pra casa!", respondeu.  

 

"A política é o que é, é a arte da bagunça, se não gostar não se envolva com ela! Então na Política só se avança nas mínimas coisas de relativo consenso. Aí entra a figura do Chefe, força e Determinação são predicados que devem estar sobre a mesa! E não titubear na hora da decisão!", completa.  

 

Nas últimas semanas Blairo Maggi vem criticando o apoio irrestrito ao governo federal. Recentemente ele encaminhou um áudio criticando o compartilhamento de ataques ao governo chinês.


Fonte: Gazeta Digital

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2020 - SOLANGE PRISCILA DE SOUZA - CNPJ: 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121