16/04/2020 às 12:11h
Rosa Neide é a única de MT a votar contra plano de Bolsonaro para gerar empregos

Na polêmica votação da carteira verde a amarela, os deputados federais da bancada de Mato Grosso votou em peso pela Medida Provisória do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), apenas a deputada Rosa Neide (PT) se posicionou contra a proposta na Câmara Federal. 

 

A meedida provisória 905/2019 teve seu texto básico aprovado por 322 votos. 153 votaram contras. A medida do governo que gerar emprego entre os jovens e pessoas da terceira idade. Para isso, concede incentivos as empresas que contratarem e também flexibiliza as relações de trabalho. 


Os deputados Carlos Bezerra (MDB), Dr Leonardo (Solidariedade), Neri Geller (Progressistas), Nelson Barbudo (PSL), Emanuelzinho (PTB) e José Medeiros (Podemos) votaram com Bolsonaro pela matéria. 

 

O projeto que vai para o Senado prevê incentivo para o primeiro emprego, com a redução de encargos trabalhistas; considera acidente de trabalho no percurso casa-emprego somente quando o transporte do empregador; e coloca acordos coletivos acima de jurisprudência e súmulas do Tribunal Superior do Trabalho (TST).

 

Ao comentar o seu voto nas redes sociais, Rosa Neide destacou que é lamentável que em plena pandemia da covid-19 a matéria tenha sido aprovada. "Entre outras maldades, a MP desobriga os patrões de pagar a previdência dos trabalhadores, mas passa a efetuar desconto previdenciário de quem recebe seguro-desemprego", disse na publicação.

 


Fonte: Gazeta Digital

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2020 - SOLANGE PRISCILA DE SOUZA - CNPJ: 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121