09/04/2020 às 12:26h
Cuiabanos buscam espaço na classe política e tentam reduzir danos da Covid-19

Nos 301 anos de Cuiabá, o  listou os representantes de Cuiabá na política estadual, a cidade conhecida por seu bairrismo - apenas na política - chegou aos 301 anos comandada por um cuiabano, o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB). No entanto, na Câmara Municipal, apenas um terço dos vereadores são naturais de Cuiabá.

 

Luiz Leite / Gazeta Digital

Selo Cuiabá 301 anos

 

Emanuel está à frente da prefeitura em um dos momentos mais importantes de Cuiabá. O emedebista tenta barrar o avanço do novo coronavírus pela cidade. O prefeito foca seu trabalho no fortalecimento da saúde, convivência social, aumento da rede de esgosto. Ao mesmo tempo sua administração é arranhada pelo envolvimento de seu nome no esquema de corrupção comandado pelo ex-governador, Silval Barbosa (sem partido) de 2010 a 2014.

 

Diego Guimarães (Cidadania), Felipe Wellaton (Cidadania), Juca do Guaraná (Avante), Justino Malheiros (PV), Lilo Pinheiro (PDT), Marcelo Bussiki (DEM), Mário Nadaf (PV) e Vinicyus Hugueney (Progressistas) são os oitos cuiabanos dos 25 vereadores. Outros 17 são de outras, a maioria de Mato Grosso.


No governo do Estado, a cidade também ganhou destaque, o atual governador Mauro Mendes (DEM) se notabilizou na política depois da administração que fez como prefeito de Cuiabá entre 2013 e 2016. A administração de Mauro deu início às obras do Hospital Municipal de Cuiabá (HCM) e transformou espaços da cidade em importantes parques públicos e espaço de convivência dos cuiabá. Sua gestão à frente do município foi praticamente o mote da campanha de governador do Estado em 2018.

 

Na atual legislatura da Assembleia Legislativa apenas os deputados estaduais Paulo Araújo (Progressistas) e Ulysses Moraes (DC) são cuiabanos natos. Allan Kardec (PDT) que está licenciado para ser secretário de Estado também é nascido na cidade.

 

Porém, os deputados que não são nascidos em Cuiabá, mas que possuem base eleitoral na cidade são o ex-prefeito Wilson Santos (PSDB), que comandou a cidade de 2004 a 2010, Carlos Avalone (PSDB), Eduardo Botelho (DEM), Elizeu Nascimento (DC), Faissal (PV), Lúdio Cabral (PT) e Sargento Vidal (Pros).

 

Na Câmara Federal apenas o deputado Emanuelzinho (PTB) é cuiabano nato e que possui base eleitoral em Cuiabá.

 

Entre os senadores a situação não é diferente, nenhum dos três é cuiabano, mas o senador Jayme Campos (DEM) e a senadora cassada Selma Arruda (Podemos) possuem base eleitoral na capital. Selma mora em Cuiabá e Jayme Campos é nascido e mora em Várzea Grande, cidade vizinha, sua esposa Lucimar Campos é a atual prefeita da cidade.


Fonte: Gazeta Digital

 

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2020 - SOLANGE PRISCILA DE SOUZA - CNPJ: 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121