10/02/2020 às 06:08h
Bolsonaro evita dar entrevista e diz que imprensa ''deturpa'' declarações
imprensa ''deturpa'' declarações

O presidente Jair Bolsonaro voltou a atacar a imprensa, na manhã desta segunda-feira (10/2), na saída do Palácio da Alvorada e afirmou que a mídia deturpa as declarações que ele concede. “Tem uma série de problemas no Brasil, gostaria de compartilhar com vocês, mas como será deturpado, isso acabará dificultando a solução. Então, lamento. Mas não vou conversar nada com vocês, tá ok? O dia em que vocês, com todo o respeito, transmitirem a verdade, será muito salutar eu conversar meia hora com vocês, problemas dos mais variados possíveis, dá para resolver, gostaria de compartilhar, repito, não o faço por quê? Ao haver deturpação a solução ficará mais difícil, talvez impossível. Então lamento não poder conversar com vocês”, apontou.

 

Também no último sábado (8/2), o chefe do Executivo demonstrou sua insatisfação com a imprensa e criticou a cobertura dos jornais sobre o seu posicionamento quanto aos custos que um portador do vírus HIV trazem para o Brasil. Ele reforçou o entendimento de que "qualquer pessoa com HIV é custoso para o mundo" e, em determinado momento, usou os braços para dar uma "banana" aos jornalistas que o esperavam na saída da residência oficial.

Na última quarta-feira (5/2), ao comentar a campanha de abstinência sexual da ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, Bolsonaro afirmou que “uma pessoa com HIV, além de ser um problema sério para ela (si própria), é uma despesa para todos aqui no Brasil”.  O chefe do Executivo falava sobre o caso de uma jovem que supostamente teve o segundo filho aos 15 anos e que contraiu HIV na terceira gravidez.

 

“Na semana passada, falei de uma menina que deu à luz pela terceira vez aos 16 anos de idade sendo aidética. Isso que eu falei. O que faltou? Faltou uma mãe, uma avó, pra não começar a fazer sexo tão cedo. Qualquer pessoa com HIV, além do problema de saúde dela gravíssimo, que nós temos pena, é custoso para todo mundo. Vocês focaram no que o aidético é oneroso no Brasil”, apontou o presidente ainda no sábado.

 

Para Bolsonaro, ao agir dessa maneira, a imprensa "só faz fofocas". O presidente também alega estar sendo manchado pelos jornalistas e que está "levando porrada de tudo quanto é grupo de pessoas que tem esse problema lamentavelmente".

Espalhe por ai:
Link:
Esportes
ESPORTEFUTEBOL
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2020 - SOLANGE PRISCILA DE SOUZA - CNPJ: 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121