12/01/2020 às 11:09h
Cuiabá é a 28° cidade com o maior orçamento no Brasil
Thiago Andrade

Cuiabá aparece em 28ª no ranking das 100 cidades que mais arrecadam no Brasil. Em 2018, a Capital teve um orçamento de R$ 2,136 bilhões. Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá) teve o 89° maior orçamento do país com R$ 838,056 milhões. As duas cidades são as únicas de Mato Grosso a participarem das 100 mais em dinheiro disponível. São Paulo foi a campeã e teve um orçamento de R$ 52,271 bilhões, seguida do Rio de Janeiro com R$ 23,101 bilhões. 

 

O ranking Multi Cidades é elaborado pela Frente Nacional de Prefeitos com dados de  números consolidados em 2018, que foram levantados pela Aequus Consultoria, o trabalho contou com apoio da Estratégia ODS e da União Europeia. 

 

Em termos de arrecadação do principal imposto municipal, o Imposto Sobre Serviços (ISS), Cuiabá arrecadou R$ 310,938 milhões em 2018. Já Rondonópolis arrecadou R$ 80,898 milhões em 2018. A Capital foi a 26° colocada neste quesito e Rondonópolis a 90ª colocada. Em arreadação de IPTU Cuiabá foi uma das maiores com arrecadação de R$ 190,548 milhões, ficando na 29° colocação, sendo a única de Mato Grosso. 

 

Um problema do município de Cuiabá segue sendo a folha de pessoal, semelhante ao que acontece no governo do Estado, o município acabou gastando mais do que os limites previstos na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), segundo o levantamento. Os dados mostram que Cuiabá usou 51,96% da sua Receita Corrente Líquida (RCL) para pagar pessoal em 2018 e ficou no limite prudencial. Macapá é a pior capital neste sentido, com 54,09% da RCL para salários. São Paulo tem a melhor situação com gastos em 36,92%.

 

Os dados apontam Cuiabá como a 23° cidade do país em número de investimentos. Segundo o levantamento, foram usados R$ 154,925 milhões em melhorias na cidade. Rondonópolis aparece em 47° lugar com R$ 85 milhões em investimentos e Várzea Grande em R$ 66,501 milhões. As 3 cidades são as únicas de Mato Grosso entre as 100 que mais investiram. 

 

Um dos dados relevantes da pesquisa mostra que Cuiabá está na 35° colocação entre as cidades que mais investiram em educação. Com pouco mais de 50 mil alunos na rede municipal, a Capital de Mato Grosso usou R$ 398,5 milhões para atender os alunos. Chegando a investir mais de R$ 7.928,20 mil por alunos, segundo os dados.

 

Já com a saúde do município, Cuiabá teve gasto por pessoa de R$ 1.279,48 em 2018 e Várzea Grande teve investimento per capita de R$ 536,40, ou seja, menos da metade do que foi usado na capital. 

 

Cuiabá também foi a 25° cidade a ter o maior gasto com o Legislativo em 2018, foram R$ 49,478 milhões, ou seja, cada morador da cidade pagou em média R$ 81,49 pelo funcionamento da Câmara de Vereadores. Várzea Grande foi a segunda cidade que mais gastou com vereadores em MT, com R$ 16,308 milhões, ou seja, cada pessoa da cidade deu em média R$ 57,83 para o funcionamento da Câmara. 

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2020 - SOLANGE PRISCILA DE SOUZA - CNPJ: 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121