03/11/2019 às 06:33h
Com hat-trick de Bruno Henrique, Flamengo massacra no Maracanã, mantém Palmeiras distante e afunda Corinthians

Com direito a hat-trick do atacante Bruno Henrique, o Flamengo atropelou o Corinthians e venceu por 4 a 1, no Maracanã, em jogo válido pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Vitinho fez o quarto da equipe carioca, enquanto Mateus Vital fez o tento de honra para os corintianos, cada vez mais afundados numa crise.

O triunfo mantém o Flamengo na ponta e com oito pontos de vantagem sobre o Palmeiras (71 a 63 pontos), e cada vez mais confiante no título. Já o Corinthians continua estacionado com 45, na sétima colocação, fora do grupo dos classificados para a próxima edição da Copa Libertadores e somando oito partidas sem vencer.

Ficha técnica

Bruno Henrique comemora após marcar contra o Corinthians, no Maracanã© GazetaPress Bruno Henrique comemora após marcar contra o Corinthians, no Maracanã
Flamengo 4 x 1 Corinthians

Gols: Flamengo: Bruno Henrique, aos 45min/1ºT e aos 47min/1ºT; Bruno Henrique, aos 30 segundos/2ºT, e Vitinho, aos 21min/2ºT Corinthians: Mateus Vidal, aos 7min/2ºT 

  FLAMENGO: Diego Alves; Rafinha (Rodinei), Rodrigo Caio, Pablo Marí e Renê; Willian Arão, Gerson e Arrascaeta (Diego); Everton Ribeiro, Bruno Henrique e Reinier (Vitinho); Técnico: Jorge Jesus

  CORINTHIANS: Cássio (Caíque França); Fagner (Michel), Gil, Bruno Méndez e Carlos Augusto; Ralf e Júnior Urso; Mateus Vital, Ramiro (Janderson)e Pedrinho; Gustagol; Técnico: Fábio Carille

Cartão amarelo: Corinthians: Régis (estava no banco)

Público: 64.958 presentes (59.882 pagantes) Renda: R$ 3.684.190,00

Estatísticas

Jogadores do Flamengo comemoram gol de Bruno Henrique contra o Corinthians, no Maracanã© GazetaPress Jogadores do Flamengo comemoram gol de Bruno Henrique contra o Corinthians, no Maracanã
PRIMEIRO hat-trick de Bruno Henrique no Flamengo. Na carreira foi a TERCEIRA vez que ele alcançou o feito. As outras duas vezes foram pelo Santos em 2017.

O Flamengo chegou a 129 gols na temporada, considerando amistosos, em 66 partidas. Uma média de 1,95 gol por partida.

OITO partidas sem vencer completou o Corinthians neste domingo. São quatro empates e quatro derrotas.

Cássio pegou o 18º PÊNALTI pelo Corinthians, ao defender a cobrança de Bruno Henrique. O recordista no clube é Ronaldo, que defendeu 24.

Dois minutos que mudam tudo

O primeiro tempo estava amarrado, com as defesas --especialmente a do Corinthians-- se sobressaindo. Tudo indicava que os clubes ficariam no zero a zero, mas a história mudou nos dois minutos finais. Aos 42, Cássio cometeu pênalti em Arrascaeta. Bruno Henrique cobrou, Cássio espalmou e no rebote o atacante fez. Depois, aos 47, Gérson avançou pelo meio de campo, passou por Ralf e tocou para Bruno. O camisa 27 deu uma cavadinha e marcou na saída do goleiro alvinegro. 

Sobre o pênalti, Renata Ruel, comentarista de arbitragem dos canais ESPN, disse o seguinte: "Lance difícil de analisar quem toca onde, mas a tecnologia do VAR é clara para definir quem toca onde. O Arrascaeta tocando a bola primeiro e o Cássio tocando o jogador na sequência foi pênalti".

30 segundos

Foi o tempo marcado pelo cronômetro no segundo tempo quando Bruno Henrique fez o terceiro dele e o terceiro do Flamengo no jogo. O lance começou com um lançamento de Pablo Marí para Arrascaeta, que deu apenas uma casquinha na bola para ela cair nos pés do atacante. Ele invade a área pela esquerda e bate na saída de Cássio.

Para diminuir o vexame

Com a partida praticamente perdida e temendo sofrer uma goleada, o Corinthians ao menos fez seu gol de honra. Foi aos sete minutos da etapa final. E foi uma jogada com os jovens do time. Pedrinho cruzou da direita e Mateus Vital desviou de cabeça. Sentindo a pressão, os jogadores nem comemoraram. 

Goleada

Aos 21, Vitinho marcou o quarto gol da partida. E o mais curioso é que ele mesmo demorou para festejar. A jogada também foi bonita, embora a marcação corintiana tenha deixado a desejar. Ele recebeu a bola de Arão perto da entrada da área, avançou alguns passos e chutou com força. Cássio nada poderia fazer.

Massacre

Foi o resumo da partida entre Flamengo e Corinthians, neste domingo. Nem tanto pelo primeiro tempo, quando a equipe corintiana até se defendeu bem, tendo tomado dois gols no final. Mas muito pelo segundo tempo. A equipe rubro-negra só não fez mais --aproveitando a fragilidade da defesa alvinegra-- porque os jogadores também começaram a se poupar. Os números finais dizem muito sobre o confronto: 67,6% x 32,4% de posse de bola; 16 x 7 chutes; 11 x 5 chutes certos; 553 x 212 passes completos.

Na tabela

  • Flamengo - 1º colocado, com 68 pontos
  • Corinthians - 7º colocado, com 45 pontos

Próximos jogos

  • Quarta, 06/11, 19h30, Corinthians x Fortaleza
  • Quinta, 07/11, 20h, Botafogo x Flamengo
Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2019 - SOLANGE PRISCILA DE SOUZA - CNPJ: 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121