25/10/2019 às 01:32h
Viaje tranquilo e sem medo do Aedes aegypti.

Algumas medidas ajudam a garantir um passeio sem surpresas desagradáveis

O Aedes aegypti se aproveita do clima úmido e quente

O Aedes aegypti se aproveita do clima úmido e quente

Pixabay

Não importa se o destino da viagem é o litoral de São Paulo, a região Nordeste ou o Caribe, a proteção contra o Aedes aegypti merece atenção especial durante todo o roteiro. O primeiro passo para garantir somente boas lembranças é evitar picadas, com o uso diário de protetor solar com repelente.

Vale lembrar que o mosquito costuma se aproveitar do clima úmido e quente para passear e se reproduzir. Portanto, no hotel ou na casa alugada, a dica é recorrer a mosquiteiros, janelas e portas com telas, e quartos com ar-condicionado.

Ao chegar ao local, vale a pena dar uma “vistoriada” para verificar se há algum criadouro do mosquito, como recipientes com água parada. Nas trilhas e em outros passeios realizados pela mata, acenda o sinal de alerta e reforce a proteção para ficar livre de picadas.

Nunca é demais lembrar que 80% dos focos do mosquito Aedes aegypti estão dentro de casa, segundo dados do Governo do Estado de São Paulo. Portanto, a prevenção deve acontecer muito antes do embarque. Antes de partir para as merecidas férias, verifique se o lixo está bem fechado, se as bordas dos pratinhos das plantas estão com areia e as garrafas viradas de boca para baixo, entre outras medidas.

Fonte:

Saiba como deixar sua casa livre de criadouros do Aedes aegyptiGoverno do Estado de São Paulo, 2018. Disponível em:

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2019 - SOLANGE PRISCILA DE SOUZA - CNPJ: 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121