21/10/2019 às 05:42h
Palmeiras divulga nota repudiando agressão a esposa de Bruno Henrique

O Palmeiras emitiu uma nota oficial na manhã desta segunda-feira (21) repudiando veementemente as agressões físicas e verbais sofridas pela esposa, Bhel Dietrich, e familiares do volante Bruno Henrique na Arena da Baixada, onde o clube empatou com o Athletico Paranaense em jogo válido pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro.


Confira a íntegra da nota oficial do Verdão
A confusão ocorreu depois da partida. Um grupo de torcedores palmeirenses reconheceu a mulher do meio-campista e passou a ofendê-la. Bhel Dietrich chegou a ser alvo de empurrões em meio à pressão, mesmo estando acompanhada de uma criança e um senhor, como relatou o site Globo Esporte.

"A Sociedade Esportiva Palmeiras repudia veementemente o deplorável e constrangedor episódio ocorrido na saída do estádio neste domingo (20), após a partida contra o Athletico-PR, em Curitiba, envolvendo a esposa do jogador Bruno Henrique e sua família.

É inadmissível que aconteçam situações lamentáveis envolvendo ataques de supostos torcedores a atletas, comissão técnica, dirigentes e seus familiares. O clube 


Histórico de protestos com o volante

Esta não é a primeira vez que torcedores acabam envolvendo Bhel Dietrich em confusão. Em 2 de setembro, dia seguinte à derrota por 3 a 0 para o Flamengo, ela aparece ao lado de Bruno Henrique repreendendo um torcedor que cobrava o volante enquanto ambos passeavam com seu cachorro.

Na mesma semana, logo depois da apresentação do técnico Mano Menezes, um grupo de membros da Mancha Alviverde protestou em frente à Academia de Futebol. Bhel Dietrich levou o marido para treinar e, na saída, de dentro do seu carro, ouviu xingamentos, além de seu veículo ter sido alvo de um tapa de um torcedor.

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2019 - SOLANGE PRISCILA DE SOUZA - CNPJ: 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121