05/09/2019 às 06:26h
Aprovação de PEC paralela no Senado que inclui estados e municípios atende Mendes
Vitória Lopes


A Comissão de Constituição de Justiça (CCJ) do Senado Federal aprovou nesta quarta-feira (4), a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) Paralela da reforma da Previdência, que inclui estados e municípios. O governador Mauro Mendes (DEM) tinha grandes expectativas para que a PEC fosse aprovada.

 

Mendes chegou a afirmar que se os estados e municípios não fossem incluídos na reforma da Previdência, uma espécie de “aberração jurídica” poderia acometer o país. O governador até mesmo esteve na residência do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM), para tratar do assunto. 

 

 

A PEC paralela, com sugestões do senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), foi aprovada por unanimidade pelos senadores. O texto-base segue para votação no Plenário. Entretanto, segundo Simone Tibet (MDB-MS), ela poderá levar de uma semana a 15 dias para ser votada. 

 

Conforme publicou em seu perfil no Twitter, Davi Alcolumbre disse que a expectativa é que estados e municípios poupem R$ 350 bilhões dos cofres públicos, em dez anos.  

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2019 - SOLANGE PRISCILA DE SOUZA - CNPJ: 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121