03/09/2019 às 01:11h
Polícia Civil retira 32 toneladas de sucata em operação Limpa Pátio

Assessoria | PJC-MT

Aproximadamente 32 toneladas de sucata depositada no pátio da antiga Delegacia de Polícia de Poconé (104 km ao Sul), local em que atualmente funciona a Cadeia Pública local, foram retiradas pela Polícia Judiciária Civil em parceria com a sociedade organizada, após autorização expedida pela Justiça.

A operação denominada “Limpa Pátio Poconé” foi realizada durante dois dias, quarta e quinta-feira (28 e 29.08), resultando em um pátio devidamente limpo próximo a Cadeia Pública.

Além da preservação ao meio ambiente, o trabalho de limpeza e arrumação gerou um lucro de R$ 12 mil, pelo material reciclado, pagos em espécie pela empresa VW Peças e depositado em conta judicial vinculada ao processo. 

Ha cinco anos, desde que a Polícia Civil de Poconé se mudou para o novo endereço, foi deixado no pátio onde atualmente funciona a Cadeia Pública da cidade, o passivo da Delegacia de `Polícia que ao longo do tempo, se transformou em sucata.

Na intenção de resolver o problema do acúmulo de veículos referentes as apreensões de muitos anos, o delegado de Poconé, João Eduardo Alencar, passou a buscar por ajustes junto a estabelecimentos de ferro velho, visando resolver o encalce dos entulhos aglomerados no local.

Após várias tratativas e mediante autorização judicial para se desfazer das antigas apreensões, foi acordado com a empresa VW Peças de Várzea Grande, para remoção do entulho. Para concretização da tarefa foi necessário a utilização de tratores, escavadeira e caminhões, que retiraram do pátio aproximadamente 32 toneladas de ferro velho. 

Conforme o delegado João Eduardo Alencar, pela entrega da sucata para reciclagem, o proprietário da VW Peças pagou o valor  R$ 12 mil, quantia bem maior que o estimado inicialmente. 

"Assim, com ajuda de máquinas adequadas e apoio de mão de obra contratada e de reeducandos, ao longo dos dois dias, todos os veículos foram retirados do pátio. Alguns que ainda possuíam seus números de chassis, que foram limpos e recortados, para comunicação junto ao Departamento de Trânsito (Detran)", destacou João Eduardo Alencar.

A operação “Limpa pátio Poconé” foi acompanhada por representantes do Ministério Público e Poder Judiciário.


Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2019 - SOLANGE PRISCILA DE SOUZA - CNPJ: 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121