02/09/2019 às 11:56h
Afta que dura mais de 15 dias pode ser confundida com tumor cancerígeno: 4 sinais
Naeblys/Shutterstock© Naeblys/Shutterstock Naeblys/Shutterstock

Quando surgem aquelas feridinhas na língua ou na parte interna das bochechas e dos lábios, normalmente achamos que é somente uma afta, e que logo vai passar. Mas e se a danada insistir em não cicatrizar?

Neste caso, pode ser outra coisa mais grave. Aftas, como explica o ortodontista Fábio Bibancos, são pequenas lesões que podem ser causadas pelos mais variados motivos, são agravadas pela acidez dos alimentos e costumam desaparecer sozinhas em até uma semana.

Afta que não passa: o que pode ser?

De acordo com o especialista, ao notar uma lesão bucal que dure mais de uma semana, o problema deve ser investigado. Essa "afta" pode ser, na verdade, um sintoma de câncer de boca.

"A afta não se transforma em câncer, porém, deve-se atentar para toda lesão bucal que permaneça por mais que 15 dias, procurando por um cirurgião-dentista para a investigar a lesão e dar um diagnóstico preciso", orienta.

Sinais de câncer de boca

Além das feridas que não cicatrizam e podem ser confundidas com aftas, o especialista em saúde bucal Sérgio Kignel listou outros fatores que podem ajudar a identificar o câncer de boca:

  • Aumento de tecidos ou inchaço sem causa aparente
  • Manchas em qualquer outra parte da boca
  • Dificuldade para mastigar ou para engolir
  • Dor sem razão aparente ou sensação de ter algo preso na garganta

Ao perceber estes sintomas, é importante procurar orientação profissional o mais rápido possível, pois o diagnóstico precoce previne sequelas e otimiza o tratamento, que pode ser cirúrgico ou através de radioterapia e quimioterapia.

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2019 - SOLANGE PRISCILA DE SOUZA - CNPJ: 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121