27/08/2019 às 12:34h
Em caso que causou suspeição, Selma negou oitiva, perícia e acareações
Mikhail Favalessa

Enquanto esteve nas mãos da juíza aposentada Selma Arruda, a ação criminal contra o ex-deputado e ex-conselheiro Humberto Bosaipo teve a oitiva de 19 testemunhas, uma perícia e duas acareações negados por ela. Neste mês, a Primeira Câmara Criminal do Tribunal de Justiça aceitou um pedido de suspeição feito pela defesa de Bosaipo e anulou a condenação a 18 anos e quatro meses de prisão sofrida por ele.

A ação começou a tramitar em 11 de dezembro de 2007 no Tribunal de Justiça, enquanto Bosaipo ainda era deputado estadual. Um mês depois, o então parlamentar foi nomeado a uma cadeira no Tribunal de Contas do Estado (TCE). Em razão disso, o processo foi enviado ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), onde os membros das Cortes de Contas têm prerrogativa de foro por função.



Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2019 - SOLANGE PRISCILA DE SOUZA - CNPJ: 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121