01/08/2019 às 02:07h
Parlamentares querem mudar nome do Portão do Inferno para evitar suicídios

Vereadores de Cuiabá e de Chapada dos Guimarães deram início a uma articulação para mudar o nome do “Portão do Inferno” para “Portão do Paraíso”. A intenção é atrair melhores fluídos para o local, que é conhecido pelo alto índice de suicídios, por se tratar de um abismo com mais de 150 metros de profundidade.

 

Pela legislação municipal de Chapada dos Guimarães, o nome oficial do local é “Portão do Paraíso”, conforme garantido pela Lei nº 839/98, mas o nome inferno acabou se popularizando. Nesta terça (30), vereadores dos dois municípios se reuniram na sede do Poder Legislativo Municipal, e deram início as tratativas.

 

O presidente da Câmara de Cuiabá, Misael Galvão (PSB) explicou que a iniciativa foi motivada por clamores populares para mudar o nome do local e dessa forma desestimular o elevado índice de suicídios.

 

Já o vereador Carlinhos (PT), presidente da Câmara de Chapada de Guimarães, relatou que o nome Portão do Inferno teria surgido com os bandeirantes que costumavam identificar como “inferno”, os locais como abismos e despenhadeiros, enquanto que formações altas e que apontam para cima eram relacionadas ao “céu”. “Tanto que um pouco adiante do tal portão existe uma formação rochosa a qual deram o nome de Dedo de Deus, pois aponta para cima”, relata.

 

Os vereadores das duas cidades acordaram em realizar uma sessão solene em Chapada dos Guimarães, com data ainda não definida, para debater a questão com segmentos interessados, como entidades religiosas e culturais. Os parlamentares dizem acreditar que a alteração do nome deverá atrair melhores “fluídos” e mais turistas para a região.

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2019 - SOLANGE PRISCILA DE SOUZA - CNPJ: 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121