27/06/2019 às 01:41h
Atletas serão surpreendidos por novos obstáculos na 4ª edição da ‘Rotam Extreme’

Além os participantes estarão contribuindo com os projetos sociais como ‘Jiu Jitsu Rotam’ e ‘Escolinha de Futebol’ que atendem mais de 200 crianças e adolescentes

A corrida é uma das ações de incentivo ao esporte e de interação e aproximação da Polícia Militar com a comunidade - Foto por: Cabo Wddsmayk/PMMT
A corrida é uma das ações de incentivo ao esporte e de interação e aproximação da Polícia Militar com a comunidade

Não há mais vagas para a ‘Rotam Extreme’, prova que neste ano será realizada em 07 de julho, em Cuiabá. Em sua 4ª edição, a corrida de obstáculos do Batalhão de Rondas Ostensivas Tática Móvel, unidade especializada da Polícia Militar, já é considerada uma das mais importantes de Mato Grosso.

Para os 1.500 atletas inscritos estão reservadas muitas surpresas, começando pela renovação da lista de obstáculos. Entre as novidades está um paredão de cordas. Assim como nas edições anteriores, serão dezenas de obstáculos naturais e construídos em um percurso de 5km.

Várias razões levam atletas amadores e profissionais a essa competição. Testar a capacidade física, superar os próprios limites ou simplesmente interagir em família ou com os amigos, entre outras.

Em um encontro no Parque Tia Nair, o tenente Thiago Satiro Albino e o soldado Thiago Barbosa de Souza motivaram as atletas do ‘Squad65 Runners’, um dos muitos grupos de inscritos. A brincadeira incluiu simular largada da corrida, “pagar” flexões e, claro, lembrar que além da incentivar a prática esportiva para melhoria da saúde e qualidade de vida, a Rotam Extreme’ tem uma boa causa.

A renda do evento é revertida para manutenção e estruturação dos projetos sociais ‘Jiu Jitsu Rotam’ e ‘Escolinha de Futebol’, que juntos atendem mais de 200 crianças e adolescentes. Nessas duas ações sociais os policiais trabalham como voluntários na prevenção às drogas e violência, cidadania e já estão revelando talentos no tatame e nos gramados.

Este mês, sete atletas conquistaram medalhas no jiu jitsu em competição de nacional, realizada em São Paulo. E cinco da escolinha de futebol estão em processo de seleção para equipes de base de times nacionais.

A interação com as atletas incluiu brincadeiras, como "pagar" flexões(foto: cabo Wddsmayk - PMMT)

Motivada

Aos 41 anos, Karen Cristina Arrais é o retrato da disposição. Ela se orgulha, com razão, da própria história, ao contar que começou a participar de provas no momento em que planejava perder peso e testar seu condicionamento físico. Anos depois, além de eliminar 15 quilos passou a ganhar posições. Na edição do ano passado, a 3ª, concluiu o percurso de 5km em 39,56 minutos e ficou na terceira posição em sua faixa etária.

Para Leiliane Nascimento não bastou participar da corrida. Ela quis mostrar a outros membros da família que era possível transpor os obstáculos por mais difíceis que pudessem parecer. Ano passado, em sua segunda participação, levou o primo, Cristiano Araújo. Este ano, Leiliane e o primo terão a companhia de Paulo Roberto, 14 anos, filho dela.

Tanto Karen como Leiliane disseram que não é uma corrida fácil. “Nos divertimos muito e o tempo todo é um incentivando e até ajuda o outro. Ao final temos a certeza de que somos capazes de superar nossos próprios limites” descreve Leiliane. 

Já a jornalista gaúcha Luiza Menezes, 29 anos, recém-chegada a Cuiabá, ex-atleta de natação, participará pela primeira vez, segundo ela, na condição de curiosa. “Estou indo para conhecer e me divertir, sem compromisso com tempo e posição”, diz. Luiza escolheu a 'Rotam Extreme'  para estrear nas corridas. 

 



Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2019 - SOLANGE PRISCILA DE SOUZA - CNPJ: 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121