17/04/2019 às 06:12h
Quando senti seu coração batendo chorei, diz PM que salvou bebê
FacebookPrintgoogle plus

Reprodução

Reprodução

"Quando senti seu coração batendo, chorei", diz um policial militar responsável por salvar o recém nascido, de 21 dias, que se engasgou com leite na noite de segunda-feira (15), em Marília, no interior de São Paulo. Renato Toroco e  Robson Thiago de Souza realizaram manobras de primeiros socorros na criança, que foi levada pelos pais até a base da PM.

 


 

"Estávamos realizando a guarda do quartel quando uma mãe entrou desesperada, gritando salva meu filho", conta o cabo Renato Toroco. Segundo o PM, por volta das 20 horas, os pais chegaram desesperados com a criançã desacordada, roxa e sem batimento cardíaco . Os dois cabos automaticamente "fizeram o que estavam preparados para fazer", como explica Taroco.

 

Para dar vida nova ao pequeno Henrique, os policiais utilizaram técnicas ensinada pela Polícia Militar. Entre elas, a manobra de Heimlich, um método de desobstrução das vias aéreas. "Tivemos que realizar a manobra três vezes e apenas na terceira tentativa conseguimos reanimá-lo", afirma.

 

É a segunda vez que Taroco salva um recém-nascido, mas, mesmo assim, ele conta o que sentiu ao ver que Henrique estava bem. "É uma sensação maravilhosa. Quando senti seu coração batendo em minha mão, chorei", contou emocioanado

Após ser salvo pelos dois policiais, o bebê foi encaminhado a um hospital para atendimento médico e passa bem.

 

 

Espalhe por ai:
Link:
Esportes
ESPORTEFUTEBOL
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2020 - SOLANGE PRISCILA DE SOUZA - CNPJ: 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121