02/01/2019 às 08:48h
Casa Civil já fala em base de Mauro Mendes com 18 deputados na AL
Pablo Rodrigo

O chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, já vem construíndo a relação entre o governo Mauro Mendes (DEM) e a Assembleia Legislativa (ALMT). A previsão do governo é que a sua base dentro do Legislativo fique entre 16 a 18 deputados.

 

"Nós teremos uma base muito forte. Entre 16 a 18 deputados nós vamos ter em nossa base, que estamos construíndo", disse o secretário.

Carvalho também afirma que já vem dialogando com os deputados desde o período de transição, e tem percebido uma 'boa receptividade' por boa parte dos parlamentares, principalmente dos que continuarão na próxima legislatura.

 

Leia também - Governo de Mato Grosso retoma expediente de 8 horas para os servidores

 

"Não estou vendo dificuldades, muito pelo contrário, o diálogo é aberto e transparente. Quando você fala a verdade, não tem porque essa relação não ser institucional e produtiva. E é o que a gente está construíndo", explica. "Tem uma série de demanda que nós vamos mandar para Assembleia ainda neste mês. Os deputados que estavam nessa legislatura estão dando total apoio ao que o governador Mauro Mendes tem proposto", completa.

 

O chefe da Casa Civil também disse que deverá encaminhar na próxima quarta-feira (9) uma série de projetos e medidas para apreciaçaõ dos parlamentares.

 

Já nesta semana, Carvalho afirma que os secretários de Estado estarão definindo a quantitade de servidores que cada pasta deverá ter para administrar e encaminhar ao governador até a próxima sexta (4). "A partir daí o governador vai emitir um decreto demitindo os restantes e aí nós teremos o mês de janeiro todo para nós estarmos completando, adjuntos, presidentes de autarquias, diretorias, e deve ao longo de janeiro fechar a equipe", lembrou.

Sobre a disputa da Mesa Diretora da Assembleia, Mauro Carvalho garante que não haverá interferência do governador Pedro Taques.

 

"Não cabe ao Poder Executivo interferir na eleição da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa. Nós estamos respeitando os Poderes da forma que eles foram constituídos. Então não estamos interferindo nisso, não estamos participando. A nossa relação com a Assembleia neste mês é apenas levar as demandas do governo e discutir lógicamente o necessário para que possamos ter uma boa gestão", finaliza

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2019 - SOLANGE PRISCILA DE SOUZA - CNPJ: 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121