02/01/2019 às 08:40h
Abel diz que chega ao Flamengo com 'fome', cobra 'mais identidade' e elogia Dedé: 'Unanimidade nacional'
O técnico Abel Braga foi oficialmente apresentado no Flamengo na tarde desta quarta-feira. E ele não fugiu das respostas sobre polêmicas que envolvem o clube e ainda falou sobre os alvos do clube no mercado.

"É um novo desafio. Venho com fome. É extremamente importante poder dar algo mais ao Flamengo", disse Abel.

"Precisamos ter mais identidade. Do lado de fora, o torcedor está atento. Não é normal ter 60 mil pessoas em um jogo que não vale nada. Talvez agora a torcida do Flamengo esteja começando a ter a mentalidade do europeu. Independente da classificação, você vê os estádios sempre cheios. Nós somos obrigados a ter uma identidade muito grande", seguiu o novo treinador, que assinou até o final de 2019.

Abel ainda falou sobre Dedé, zagueiro do Cruzeiro que interessa ao Fla.

"Vocês não vão conseguir me pegar", brincou o técnico de 66 anos. "Mas nunca um apelido caiu tão bem: mito. O Dedé dispensa comentários. Se você fizer uma enquete, 100% dos treinadores vão falar que querem ele na equipe. É unanimidade nacional. Se o Flamengo está tentando, é porque está pensando grande."

"O Marcos Braz (vice de futebol) viajou, e não foi a passeio. Foi conversar com agentes", comentou Abel sobre a ida do dirigente à Europa, ainda em dezembro.

"Não se parou de trabalhar nem dia 24, nem dia 25. Estive com eles até dia 26. Eram seis, sete, oito vezes no telefone. Tudo é muito difícil ao nível de Flamengo. Tem que ter um jogo de cintura muito grande. O torcedor pode ter certeza que virá um jogador. Pode ser questão de um dia uma hora. Posso sair daqui e o telefone tocar", seguiu Abel.

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2019 - SOLANGE PRISCILA DE SOUZA - CNPJ: 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121