16/05/2015 às 08:01h
ROUBO DE AVIÃO Policial federal morre em confronto com bandidos em Sinop
Confronto entre policiais e bandidos se deu durante o roubo frustrado de um avião

O policial federal Mário Henrique de Almeida Mattos, 33, morreu durante uma troca de tiros com ladrões que tentaram roubar um avião no município de Sinop (500 Km ao norte de Cuiabá). A ocorrência foi registrada na madrugada deste sábado (16) num aeródromo localizado às margens da MT-140 rodovia estadual que liga Sinop ao município de Santa Carmem (531 Km ao norte de Cuiabá).

Divulgação

Policial morto em confronto com bandidos

No confronto, um bandido também foi baleado pois os policiais encontraram um rastro de sangue no trajeto de fuga feito pelos criminosos até se esconderem numa região de mata. Dezenas de policiais trabalham na caça dos bandidos. O fato ocorreu por volta de 1h30 da madrugada. Por enquanto, 1 homem foi preso sob suspeita de envolvimento com os criminosos. Suspeita-se que ele iria pilotar a aeronave caso o roubo fosse concluído.

De acordo com as primeiras informações policiais, a quadrilha era composta por pelo menos 5 bandidos que estavam fortemente armados e renderam algumas pessoas no aeródromo. Policiais, ao receberem a informação do assalto foram para o local e neste momento, houve o confronto sendo solicitado reforço policial. Com a intervenção rápida dos policiais, os criminosos não conseguiram levar o avião.

Só Notícias

Veículo foi abandonado pelos criminosos

No confronto, o agente da PF foi alvejado no tórax e chegou a ser socorrido e levado para o Hospital Regional de Sinop, mas não resistiu e morreu na unidade hospitalar.

Desde as primeiras horas da madrugada, policiais militares e da Força Tática foram acionados para reforçar as buscas aos criminosos. Homens do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) já se deslocaram de Cuiabá para Sinop para auxiliarem na caçada aos bandidos. Um VW Saveiro preto, possivelmente utilizado pelos criminosos, foi encontrado na frente do aeródromo batido numa viga de madeira, o que impediu a fuga no veículo. 

O policial federal morto no confronto chegou a trabalhar na Polícia Federal em Brasília, mas estava lotado na delegacia da Polícia Federal de Sinop desde 2013. Ele era casado com uma policial civil de Sinop e não tinha filhos. Antes de entrar para a Polícia Federal, Mário Henrique integrou os quadros da Polícia Militar do Distrito Federal por 8 anos. 

 

(Com informações do site Só Notícias)

Mais informações em instantes

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2019 - SOLANGE PRISCILA DE SOUZA - CNPJ: 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121