29/12/2014 às 10:43h
SINOP Latrocidas dizem que plano inicial não era matar acadêmico

GD / Só Notícias


Os latrocidas Marcio Marciano Batista, 30, e Rafael Bruno dos Santos Mussuco, 25, vão aguardar julgamento pela morte do acadêmico Eric Francio Severo, 21, presos no presídio Ferrugem, em Sinop (500 km ao norte da Capital). Eles prestaram depoimento, pela manhã, ao delegado municipal de Polícia Civil, Sergio Ribeiro. A participação de mais duas pessoas é investigada.

Uma chegou a ser detida, no domingo, mas foi liberada. Marcio Marciano declarou que o plano não era matar o acadêmico. Mas ele e o comparsa Rafael Bruno acabaram mudando de ideia pouco tempo depois alegando que temiam serem descobertos. Eric, que foi dominado em Sinop no sábado de madrugada, teve as mãos amarradas e foi baleado, em uma mata às margens de uma estrada vicinal em Lucas do Rio Verde.

O corpo foi encontrado ontem e sepultado hoje no final da manhã. A dupla, presa em Campo Grandes, fugindo com a caminhonete que Eric estava, foi transferida esta manhã para Sinop. Uma mulher que levou roupas para um dos acusados de latrocínio chegou a ser detida, em Sinop, mas foi liberada neste domingo.

Veja o vídeo

 

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2019 - SOLANGE PRISCILA DE SOUZA - CNPJ: 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121