10/04/2012 às 22:56h
Indianos desafiam proibição e atiram bebês de cima do muro

 

magine a seguinte cena: você está visitando um daqueles antigos templos hindus, no estado de Karnataka, na Índia e vê um sujeito escalando um dos muros do lugar com um balde dependurado em seu corpo.

No começo, a cena parece uma esquisitice pura e simples.

A coisa começa a ficar bizarra mesmo quando o escalador chega ao topo do muro e você percebe de onde vem aquele choro de bebê incessável: de dentro do balde.

Durante toda a escalada, o bebê estava dentro do balde e, ao chegar ao alto do muro, o indiano escalador tira a criança de lá e a segura, dependurada pelos bracinhos e pelos pés.

 

Entoando um cântico que remonta de um antigo ritual, o indiano, então, balança a criança de um lado para o outro deixando os passantes apreensivos.

É se o bebê cair de lá?

O sujeito que balança o bebê parece nem se importar com isso e, em pouco tempo, você descobre o motivo. A ideia toda do ritual que existe há pelo menos 700 anos é justamente essa: deixar o bebezinho cair de lá de cima.

 

Lá embaixo, um grupo de 14 ou 15 caras esperam a criança cair e amortecem a queda com um tecido.

Depois disso, a criança é devolvida para sua mãe.

 

O ritual anual acontece principalmente nos estados de  Karnataka e Maharashtra e, de acordo com os antigos, traz boa sorte para o bebê e para toda a família dele.

Veja.

Ritual indiano é bizarro por esquisitices no Videolog.tv.

Espalhe por ai:
Link:
Esportes
ESPORTEFUTEBOL
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2021 - Grupo Nova Visão de Comunicação - /Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121