11/04/2019 às 01:43h
Cadeira de Selma no Senado já tem pelo menos três concorrentes

Gazeta MT

Nem bem esfriou a cadeira de Selma Arruda no Senado, e pelo menos três medalhões da política já miram a vaga após a decisão do Tribunal Regional Eleitoral -TREMT que cassou o mandato da eleita pelo crime de caixa 2. Júlio Campos (DEM), Carlos Fávaro (PSD) e Pedro Taques (PSDB) podem estar de olho na vaga.

O primeiro é cacique velho, tem seu quintal. Carlos Fávaro, que concorreu ao Senado e perdeu em 2018, surge com nova chance de vitória e conta com apoio de partidos grandes em Mato Grosso, como o MDB. Pedro Taques, ex-governador, fez fama política justamente no Legislativo e vê agora oportunidade de restaurar a imagem arranhada ao longo dos quatro anos de Governo.

Na semana passada, o ex-senador e ex-ministro Blairo Maggi, outro cotado, descartou possibilidade de concorrer. Chamou de "leviana" reportagem de uma emissora local que o apontava como provável candidato.

Outro nome grande é Adilton Sachetti, de Rondonópolis. Este, porém, não há de ter muitas chances. 

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2019 - Publicidade Nova Visão - CNPJ 07.296.611/0001-78. Jornalista responsável Jose Paulo Batista DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 002121