22/12/2018 às 09:13h
Bolsonaro convida parentes, amigos de pescaria e religiosos para a posse

A posse do futuro presidente, Jair Bolsonaro, em 1º de janeiro de 2019, deve contar com 140 nomes apenas da lista de convidados pessoais do militar reformado. Entre os esperados estão antigos parceiros de pescaria e também líderes religiosos.

A família de Bolsonaro estará quase toda presente na ocasião. Estarão presentes a mãe, Olinda Bolsonaro, de 89 anos, Renato, único irmão do presidente eleito, filhos, noras, cunhados, netos e sobrinhos.

Também estão na lista os pastores evangélicos Silas Malafaia, Valdemiro Santiago, fundador da Igreja Mundial do Poder de Deus e presidente da Igreja Batista Atitude Central da Barra, pastor Josué Valandro, frequentada pela futura primeira-dama, Michelle Bolsonaro. O fundador da Igreja Universal do Reino de Deus e proprietário da TV Record, bispo Edir Macedo, também está na lista.

Segundo o futuro chefe do GSI (Gabinete de Segurança Institucional), general Augusto Heleno, todos os senadores serão convidados. Com os deputados, será diferente: apenas líderes partidários na Câmara.

A distribuição de convites começou no último dia 10 e ainda não foi concluída. Alguns são entregues via Sedex, outros em mãos. No total, somente para a cerimônia de posse no Congresso, serão distribuídos 2.000 convites.

Para a recepção no Itamaraty, são previstos outros 1.000 convidados. Na lista protocolar estão autoridades de 1º escalão do governo, militares de alta patente, chefes de Estado, diplomatas, parlamentares e governadores eleitos ou reeleitos de estados.

A expectativa é de que 60 delegações estrangeiras também estejam presentes na posse. As presenças já confirmadas são de presidentes de países vizinhos, como Maurício Macri (Argentina), Sebastián Piñera (Chile), Mario Abdo Benítez (Paraguai), Tabaré Vázquez (Uruguai), Iván Duque Márquez (Colômbia) e Marín Vizcarra (Peru).

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, o secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, além do presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, também irão desembarcar em Brasília para acompanhar a cerimônia. O presidente estadunidense, Donald Trump, não virá para a posse.

Além de Pompeo, outras 3 autoridades farão parte da comitiva norte-americana. Comparecem Mark Green, administrador da agência estadunidense para desenvolvimento internacional; William Popp, embaixador interino dos Estados Unidos em Brasília; e Mauricio Claver-Carone, diretor de assuntos do hemisfério ocidental do Conselho Nacional de Segurança americano.

BOLSONARO E FILHOS TENTARAM APROXIMAÇÃO COM TRUMP

O histórico de admiração da família Bolsonaro por Donald Trump é antigo. Antes da campanha presidencial, o deputado federal reeleito –e filho do militar– Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) reuniu-se com Steve Bannon em Nova York (EUA). Bannon foi 1 dos estrategistas da campanha de 2016, da qual o republicano saiu vencedor.

Após a eleição de Bolsonaro, Eduardo voltou aos Estados Unidos e concedeu uma entrevista ao programa Lou Dobbs Tonight, da emissora norte-americana FoxNews. No momento em que Dobbs diz que Bolsonaro “tem sido chamado de o Trump do Brasil”, Eduardo abre 1 sorriso e afirma que ambos não são “politicamente corretos” e, portanto, falam o que pensam.

Na entrevista, Eduardo ainda diz que prefere que o Brasil esteja mais próximo dos Estados Unidos do que de outros países, sem especificar quais.

Aqui no Brasil, Jair Bolsonaro recebeu John Bolton, conselheiro de segurança nacional dos EUA. Bateu continência para o assessor de Trump, em sua casa, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

CONVIDADOS E DEPOIS DESCONVIDADOS

Poder360 apurou no Itamaraty que os presidentes de Cuba, Miguel Díaz-Canel, e Venezuela, Nicolás Maduro foram convidados e depois desconvidados por orientação da equipe de Jair Bolsonaro.

Bolsonaro disse no último domingo (16.dez.2018) que não chamará para a posse presidencial chefes de Estado de regimes “que violam as liberdades de seus povos e atuam abertamente contra o futuro governo do Brasil por afinidade ideológica com o grupo derrotado nas eleições“.

No 2º turno, “o grupo derrotado das eleições” foi o Partido dos Trabalhadores.

A fala foi reiterada durante 1 passeio do militar para tomar água de coco em 1 quiosque na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio de Janeiro. “Ele [Maduro] não vai receber [convite]. Nem ele, nem aquele ditador lá que substituiu o Fidel Castro“, afirmou.

SAIBA COMO SERÁ A POSSE DE JAIR BOLSONARO

A previsão é que Jair Bolsonaro saia da Granja do Torto às 15h em direção à Esplanada, onde fará as seguintes paradas:

  • embarcará em 1 carro na Catedral com destino ao Congresso, onde será recebido pelos presidentes das Casas;
  • seguirá para o Palácio do Planalto, onde receberá a faixa presidencial de Michel Temer, posará para foto oficial com seus ministros e fará seu discurso no parlatório;
  • participará de 1 coquetel, no Palácio Itamaraty.

Itens como mochilas, bolsas e carrinhos de bebê não poderão passar pela revista dos policiais.

Eis os itens que não serão admitidos para quem quiser assistir à posse da Esplanada:

  • garrafa;
  • guarda-chuva;
  • fogos de artifício;
  • apontadores laser;
  • animais;
  • bolsas e mochilas;
  • sprays;
  • máscaras;
  • produtos inflamáveis;
  • armas de fogo;
  • objetos cortantes;
  • drones;
  • carrinhos de bebê.

Pessoas que assistirem à posse poderão levar pacotes pequenos de alimentos, como biscoitos e salgadinhos. Ambulantes não serão permitidos.

Serão disponibilizados ao longo da Esplanada postos de atendimento médico e de oferta de água, além de telões.

A Esplanada dos Ministérios será interditada e 0h do dia 30 de dezembro até 8h de 2 de janeiro. Pedestres só poderão acessar por entradas próximas à rodoviária, passarão por 4 linhas de revista pessoal. Haverá 5 entradas para carros, mas apenas os credenciados, como os de autoridades.

(com informações da Agência Brasil)

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2019 - Publicidade Nova Visão - CNPJ 07.296.611/0001-78. Jornalista responsável Jose Paulo Batista DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 002121