21/12/2018 às 08:11h
Polícia encontra moedas estrangeiras na cela de Luiz Fernando Pezão

A polícia encontrou 70 euros, 36 dólares, 6.000 pesos colombianos e 25 yinhang –moeda chinesa– na cela do governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pesão (MDB). Ele está preso na Unidade Prisional da Polícia Militar, em Niterói.

O emedebista está na sala de Estado-Maior desde 29 de novembro, quando foi preso na Operação Boca de Lobo, da PF (Polícia Federal).

Na inspeção na unidade, que também abriga policiais militares presos por crimes militares ou que aguardam conclusão de processos em crimes comuns, também foram encontrados 7 celulares enterrados na horta do presídio, tesoura, seringas descartáveis e caixas de medicamentos, em outras celas.

A ação envolveu 160 militares das Forças Armadas e 100 policiais militares, terminando por volta do meio-dia.

Foi a 2ª vistoria realizada no presídio desde a prisão de Pezão. Na 1ª, no início de dezembro, agentes do Ministério Público do Estado não encontraram nenhuma irregularidade.

Essa é a segunda vistoria realizada no presídio de Niterói. A primeira ocorreu no início do mês e foi feita por agentes do Ministério Público do Estado. Na ocasião, o objetivo foi conferir se o governador estava recebendo algum tipo de regalia na cadeia. Nenhuma irregularidade foi encontrada.

O que é a Operação Boca de Lobo

Pezão foi preso em 29 de novembro na Boca de Lobo, 1 desdobramento da operação Lava Jato no Rio de Janeiro.

O objetivo da operação, baseada na delação premiada de Carlos Miranda –operador financeiro do ex-governador Sérgio Cabral, que também está preso– é reprimir os crimes de lavagem de dinheiro, organização criminosa e corrupção ativa e passiva, cometidos pela alta cúpula da administração do governo do Estado.

(com informações da Agência Brasil)

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2019 - Publicidade Nova Visão - CNPJ 07.296.611/0001-78. Jornalista responsável Jose Paulo Batista DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 002121