23/10/2018 às 05:58h
Na TV, campanha do PT diz que Bolsonaro era considerado um mau militar
Folhapress

De acordo com a decisão do ministro Luís Felipe Salomão, do TSE, a peça "ultrapassou os limites da razoabilidade e infringiu a legislação eleitoral": Na TV, campanha do PT diz que Bolsonaro era considerado um mau militar© Reuters Na TV, campanha do PT diz que Bolsonaro era considerado um mau militar

Uma propaganda do presidenciável do PT, Fernando Haddad, diz que Jair Bolsonaro (PSL), capitão reformado, era considerado por seus superiores no Exército um mau militar, indisciplinado e mentiroso.

A peça mostrou ainda a reportagem "Pôr bombas nos quartéis, um plano na Esao", da revista Veja, de 1987, na qual afirma que Bolsonaro, lotado na Escola Superior de Aperfeiçoamento de Oficiais, e outro militar, Fábio Passos, elaboraram um plano que previa a explosão de bombas em unidades militares do Rio para pressionar seus superiores.

Segundo reportagem da Folha de S.Paulo, Bolsonaro admitiu ter cometido atos de indisciplina e deslealdade para com os seus superiores no Exército naquele ano.

Ele foi acusado por cinco irregularidades e teve que a responder a um Conselho de Justificação, uma espécie de inquérito, formado por três coronéis.

Considerado culpado pelos coronéis, Bolsonaro foi absolvido depois em recurso acolhido pelos ministros do STM (Superior Tribunal Militar), por 8 votos a 4. Com informações da Folhapress.

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2018 - Publicidade Nova Visão - CNPJ 07.296.611/0001-78. Jornalista responsável Jose Paulo Batista DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 002121