14/10/2018 às 11:25h
Mercado de ações saudita cai após ameaças de Trump sobre jornalista desaparecido
FacebookPrintgoogle plus

Estadão

Estadão

O mercado de ações saudita despencou neste domingo após as ameaças de "punição severa" feitas pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, caso investigações concluam que a Arábia Saudita está envolvida no desaparecimento e possível morte do jornalista Jamal Khashoggi, que escrevia para o The Washington Post.

O índice Tadawul caiu mais de 6% no primeiro dia de negociações da semana, com 182 das 186 ações listadas apresentando perdas no começo da tarde.

Autoridades turcas dizem ter gravações em áudio e vídeo comprovando que Khashoggi teria sido assassinado e desmembrado por agentes sauditas em visita ao consulado da Arábia Saudita em Istambul, na Turquia, no dia 2 de outubro. Já o reino saudita afirma que as alegações turcas são "sem fundamento", mas não ofereceu ainda evidências de que o jornalista tenha deixado o consulado.

Oficiais sauditas não comentaram imediatamente sobre o sell-off, mas a emissora estatal veiculou uma entrevista em que um analista atribuía o movimento à fraqueza dos mercados norte-americanos. Entretanto, outros mercados do Oriente Médio experimentaram bem menos volatilidade neste domingo. 

O príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman, tem obstinadamente buscado atrair investimento estrangeiro ao país. Mas o desaparecimento de Jamal Khashoggi e as suspeitas de que o jornalista teria se tornado um alvo por causa das críticas a Mohammed bin Salman fizeram com que vários empresários, investidores e veículos da mídia decidissem se ausentar da conferência internacional marcada para o fim de outubro em Riyadh. Fonte Associated Press. 

(Com Agência Estado)

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2018 - Publicidade Nova Visão - CNPJ 07.296.611/0001-78. Jornalista responsável Jose Paulo Batista DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 002121