14/10/2018 às 11:01h
Ilustrador ama o sol e elege Cuiabá cidade que é mais inspiradora - fotos e animação

Julio Diniz

J�lio Diniz Maria Taquara

Tereza de Benguela é a ilustre personagem na arte de Julio Diniz

Uma tabela de cores baseadas em tons de amarelo, laranja e vermelho. Como o aquarelado por do sol cuiabano, que tira suspiros de quem aprecia o fim de tarde na cidade quente. Há artista que, além de se inspirar, promove a reflexão social. O ilustrador e publicitário Julio Diniz, que viveu 20 anos na Capital, começou a carreira na cidade e confessa que passou por muitos outros lugares do Brasil, mas que poucos deles lhe foram tão inspiradores.

“É muita informação pra ser processada e pra mim, profissionalmente, é um prato cheio. Acredito que toda forma de expressão cultural é um manifesto, uma forma de chamar atenção para um assunto. Seja pra marcar sua identidade ou para protestar”, defende.

Em uma das séries que desenvolveu em homenagem a Cuiabá, ele retrata Maria Taquara com roupas para lavar ao caminhar em um horizonte todo alaranjado e repleto de tocos de árvores cortadas, sem água. Uma clara crítica aos freqüentes cortes de árvores que ocorrem pela região.

Para ele, a paixão pelas características de Cuiabá está nos detalhes, seja pelas cores, texturas ou sabores típicos da região. “É um lugar que esbanja cultura na culinária, nas artes plásticas em suas mais variadas formas. Também na dança, na diversidade musical ou na vegetação”, explica.

“Eu sempre busco marcar uma peça com algo que me faça vibrar de alguma forma, e que deixe claro qual o objetivo da peça. O da Maria Taquara segue com a legenda Sem toco, sem tronco, sem o troco, sem Taquara. Apenas Dona Maria", ressalta. Diniz mudou-se da Capital, mas se considera um apaixonado e pelo menos quatro vezes ao ano visita Cuiabá para rever a família e os amigos.

O publicitário enfatiza que quem trabalha nesta área precisa de freqüentes pesquisas e aprofundamento sobre os assuntos. “É difícil encontrar fontes que ilustrem bem a realidade de um local, com detalhes visuais ou históricos”, argumenta.

Para ele, quando se sai da terra natal, ficam mais claros os costumes, os cheiros, sabores e outros detalhes que passam despercebidos na maior parte do tempo pra quem já está acostumado com aquele cenário. “Passei por vários lugares. Em certos momentos, fico procurando alguma peculiaridade, um detalhe daquele lugar na esperança de entender ou encontrar a identidade que leva as pessoas a fixarem suas raízes ali”, salienta.

Abaixo, a animação feita para a Ice Cola:

Cuiabá, para Julio, é uma das cidades mais características do Brasil e, por ele gostar de viajar e conhecer novos lugares, vive em busca disso. “Fica claro, também, o quanto certos lugares não possuem identidade, pelo menos aquelas que ficam evidentes. Em diferentes âmbitos, seja cultural, étnico, religioso ou outros”, especifica.

O ilustrador agora é diretor de criação de uma agência em Comunicação Integrada de Campo Grande e também continua na função de Diretor de Arte há dois anos. “Nasci em Corumbá, mas sou cuiabano de coração”, finaliza. 

Animação Racha Rock também assinada por Julio Diniz. É um trabalho que ele nem define como profissional porque foi feito no início da carreira. O tom solar já predominava nas ilustrações:

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2018 - Publicidade Nova Visão - CNPJ 07.296.611/0001-78. Jornalista responsável Jose Paulo Batista DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 002121