11/10/2018 às 06:02h
PSDB reconhece falhas na gestão Taques, deseja sorte a Mauro e não descarta união
Arthur Santos da Silva

arthur@gazetadigital.com.br

Otmar de Oliveira

Otmar de Oliveira

Paulo Borges, presidente do PSDB em Mato Grosso, considera que seu grupo político vem cometendo erros em nível nacional. O exame do cenário feito pelo líder também reconhece falhas em Mato Grosso. Posicionamento futuro, em relação ao governo de Mauro Mendes (DEM) que terá início em 1º de janeiro de 2019, ainda será examinado.

 

O democrata derrotou nas urnas no último domingo o tucano Pedro Taques que buscava a reeleição, mas ficou em terceiro lugar na disputa.

 

Leia também - PSDB em Mato Grosso declara apoio a Bolsonaro

 

“Nós fizemos uma autoanálise, sabemos que o partido errou em nível nacional em alguns momentos, quando, um dos motivos, no apoio ao presidente Michel Temer. Hoje os partidos políticos tradicionais estão todos desgastados. Todos tem algum tipo de imbróglio na Justiça, isso é natural”, afirmou em entrevista coletiva após reunião que externou apoio ao presidenciável Jair Bolsonaro.   

 

Segundo Paulo Borges, o partido vai passar por uma depuração novamente, assim como aconteceu no período pós Dante de Oliveira. “É natural, da política, da Democracia. Isso sempre aconteceu e vai acontecer. Nós vamos continuar com nosso ideal. Eu tenho certeza absoluta que nós vamos dar a volta por cima, aceitamos o resultado”, afirmou.  

 

O presidente do PSDB em Mato Grosso comentou sobre a derrota do governador Pedro Taques, que buscava a reeleição. “Pedro Taques não teve voto suficiente para ganhar a eleição. A população no momento entendeu que o candidato Mauro Mendes é a melhor pessoa para estar conduzindo nos próximo 4 anos. Nós temos que aceitar isso democratamente, com humildade. Temos certeza absoluta que cada um daqui fez o seu melhor, nós estamos com a consciência tranquila, a população é sábia, sabe escolher”.  

 

Paulo Borges desejou sorte a Mauro Mendes, eleito em primeiro turno com 58,81% dos votos. “Nós desejamos sucesso ao candidato Mauro Mendes, eu tenho certeza absoluta que ele tem uma capacidade grande de administrar. Tenho certeza absoluta que o estado vai passar por transformações para melhor. Isso faz parte da democracia e nós vamos fazer nossa parte”.

 

Sobre posicionamento futuro do partido em relação ao governo, o presidente destacou que possível vinco de oposição será discutido.         

 

“Não tem nada decidido. Isso aí vai ser discutido. Vamos chamar os nossos deputados que foram eleitos. O Guilherme Maluf e o Wilson Santos. Eles que vão nortear qual será a condução que iremos ter com o governo do Estado. Mas acho que isso aí, nós não teremos problema. Eu acho que o partido vai estar a favor de tudo que for feito de bom pelo estado e vai criticar tudo o que não for legal. Faz parte, nós iremos seguir esse caminho que é o desenvolvimento do Estado”. 

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2018 - Publicidade Nova Visão - CNPJ 07.296.611/0001-78. Jornalista responsável Jose Paulo Batista DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 002121