16/08/2018 às 09:18h
Coordenadora explica falta de vacinas nas unidades de Saúde
ASSESSORIA

A coordenadora de imunização da secretaria municipal de Saúde, Gisele Cristina de Oliveira, explicou porque algumas vacinas estão em falta nas unidades básicas de saúde de Colíder.

As vacinas são repassadas pelo Ministério da Saúde, aos polos regionais, que por sua vez, fazem a distribuição para os municípios.

Há algum tempo, os municípios estão recebendo uma quantidade insuficiente de vacinas para atender toda a demanda. Isso não está acontecendo somente com Colíder, mas em vários municípios da região.

“Nós estamos recebendo, principalmente a vacina pentavalente, em quantidade insuficiente ao que o município precisa. Essas vacinas vem de Peixoto de Azevedo, eles recebem e fazem a distribuição para a região”, explicou.

Muitos colidenses estão reclamando devido a falta da vacina. A coordenadora explica que as crianças precisam de 3 doses no primeiro ano de vida e as mães estão tendo sempre que aguardar chegar mais uma remessa e muitas vezes chega em número insuficiente para atender a todos que estão aguardando.

Ela destacou que tiveram informação que a vacina contra meningite C também virá em menor quantidade. “O que eles nos informam é que as vacinas estão em análise antes de serem liberadas ou que o estoque está baixo e a produção não consegue acompanhar a necessidade”, explicou.

Gisele ressaltou que o município recebe as vacinas do Ministério da Saúde e o fato de estar faltando é um problema nacional e não exclusivo do município de Colíder.

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2018 - Publicidade Nova Visão - CNPJ 07.296.611/0001-78. Jornalista responsável Jose Paulo Batista DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 002121