14/08/2018 às 07:22h
Mauro diz que Taques não fala por sua coligação e descarta o 'já ganhou'

Karine Miranda, repórter do GD


O candidato ao governo Mauro Mendes (DEM) afirmou que não quer uma campanha pautada em ataques e "conversas miúdas" - e que o governador Pedro Taques (PSDB) não é “porta voz” da coligação Pra Mudar Mato Grosso, para comentar sobre as condições da chapa.

João Vieira

Mauro Mendes critica ataque de Taques

A crítica foi feita em razão das últimas declarações do governador, de que Mendes já estaria com sentimento de vitorioso e de que “já ganhou” as eleições. Mendes faz parte da coligação composta pelo DEM, PDT, PSD, MDB, PSC, PMB e PHS.

De acordo com o democrata, o governador Taques precisa se lembrar do cargo que ocupa, ao invés de fazer críticas e análise sobre os demais candidatos.

“Eu não preciso lembrar a ele que ele é governador e não porta-voz da nossa coligação. Ele não fala por nós. Quem fala pela coligação sou eu e alguém que eu possa nomear”, disse Mauro Mendes, durante registro de sua candidatura.

Mendes reforçou ainda que “nunca” demonstrou sentimento de vitória, em razão de já ter participado de outras eleições e saber das dificuldades do pleito. “Sempre disse que eleição é um processo difícil, a conquista do voto, da confiança das pessoas, demanda tempo nesse momento tão difícil”, afirmou.

O democrata aproveitou ainda para lamentar a "postura de ataque" adotada pelo governador, que classificou como “conversinhas pequenas e miúdas”.

“Lamento que o governador vá a esse nível de ataque, de conversinhas muito pequenas e muito miúdas. Quero debater Mato Grosso, os seus problemas e soluções. Não vou ficar com conversinhas pequenas e miúdas. Vou respeitar meus adversários, o eleitor, e falar de assuntos e temas que interessam a todos nós”, encerrou.

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2018 - Publicidade Nova Visão - CNPJ 07.296.611/0001-78. Jornalista responsável Jose Paulo Batista DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 002121