13/05/2018 às 10:00h
Sarampo: Brasil tem mais de 100 casos e OMS emite alerta

Só neste ano, 1.115 casos casos de sarampo foram confirmados em 11 países das Américas, segundo dados da Organização Mundial da Saúde. A Venezuela lidera com 904 casos, o Brasil está em segundo com 104 infectados e os Estados Unidos em terceiro, com 63 confirmações. Ainda há registros na Colômbia (21), Canadá (9), México (4), Argentina (3), Equador (3), Peru (2), Guatemala (1) e Antigua e Barbuda (1).

Diante do registro que é superior ao número de casos do ano de 2017, quando apenas quatro países da região notificaram 895 casos, a OMS recomenda uma intensificação de imunizações e vigilância.

© Fornecido por Catraca Livre

No Brasil, o surto de de sarampo atinge os estados de Roraima, com 81 casos, e do Amazonas, que confirmou 22 infectados. Os dois estados fazem fronteira com a Venezuela, que lidera na quantidade de casos confirmados pela OMS.

Na quinta-feira, (10), o Ministério da Saúde, informou duas mortes em decorrência do sarampo e 103 infectados (1  a menos que o número divulgado pela OMS).  A pasta também comunicou que, em coordenação com os governos estaduais e municipais, está conduzindo atividades de vacinação, vigilância epidemiológica, fortalecimento da rede de laboratórios, comunicação de risco e capacitação de profissionais em manejo de casos de sarampo.

Sintomas de sarampo

O sarampo é uma doença infecciosa grave e altamente contagiosa.  Entre os sintomas estão:

  • Febre alta, acima de 38,5°C;
  • Tosse;
  • Coriza;
  • Conjuntivite;
  • Manchas vermelhas pelo corpo;
  • Vermelhidão dos olhos;
  • Pontinhos brancos que aparecem na mucosa bucal.

Ao notar os sintomas, é importante consultar um clínico geral ou pediatra, no caso das crianças, para confirmar o diagnóstico, que pode ser feito apenas com avaliação clínica ou através de exames laboratoriais.

O vírus do sarampo é facilmente transmitido por tosse ou espirros, por isso, é aconselhado usar uma máscara ou pano limpo para cobrir a boca.

Prevenção

© Fornecido por Catraca Livre

A vacinação contra o sarampo é a única maneira de prevenir a doença. O esquema vacinal vigente é de uma dose da vacina tríplice viral aos 12 meses de idade e a segunda dose da vacina tetra viral aos 15 meses de idade. Adultos não-imunes também devem se vacinar, com exceção de gestantes, transplantados e portadores de aids.

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2018 - Publicidade Nova Visão - CNPJ 07.296.611/0001-78. Jornalista responsável Jose Paulo Batista DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 002121