07/05/2018 às 06:00h
Após liminar, bebê com cardiopatia será transferido para Rondonópolis

 GD


Após a Defensoria Pública conseguir na Justiça uma liminar que determina que o Estado providencie vaga em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) neonatal em 24 horas, o recém-nascido João Gabriel Tauffer Silva, de 26 dias, será transferido da ala pediátrica do Hospital Regional de Água Boa (730 Km a Leste de Cuiabá) para a UTI neonatal com cardiologia da Santa Casa de Rondonópolis (212 Km ao Sul), nesta segunda-feira (7). A liminar foi obtida na manhã de domingo (6), conforme divulgado pelo Gazeta Digital.

Divulgação

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde (SES), a transferência do recém-nascido foi providenciada pela Central e Regulação do Sistema Único de Saúde (SUS) e será realizada por meio de UTI aérea, conforme determinado pela juíza Luciene Roos. A previsão é que o paciente chegue em Rondonópolis às 14h50 desta segunda-feira (7).

Leia também - Bebê com liminar não consegue vaga em UTI para cirurgia urgente

O quadro de João Gabriel é grave e ele precisa urgentemente de uma cirurgia cardiovascular para tratar uma cardiopatia grave. A família aguardava a transferência desde sexta-feira (4), mas não conseguiu de imediato por conta da falta de vagas nas unidades públicas e privadas, credenciadas ao SUS.

A família de João Gabriel vive em Canarana (823 Km a Leste). A mãe dele, a servidora pública Cândida Tauffer, 30, afirma que levou o filho até Água Boa para fazer o retorno de rotina. O pediatra estranhou o cansaço do bebê e a forma ofegante como respirava e o encaminhou para internação. Após exames de ecocardiograma, foi diagnosticada a cardiopatia. “Ele tem três problemas nas veias do coração e o sopro no coração. Na internação, ele já foi para o oxigênio para ter conforto respiratório e agora estamos aguardando a cirurgia, que precisa de urgência”, explica.

Casada com Gildeon Santos Silva, 29, funcionário numa empresa de móveis, Cândida têm também um filho de 13 anos e afirma que durante o pré-natal, nenhum problema de saúde foi identificado na criança.

Na ida para Rondonópolis, o marido também vai viajar para cuidar do filho, porém, vai de ônibus e deve chegar depois. A família ainda não sabe quanto tempo ficará fora do município onde residem e nem como vão se acomodar. Para entrar em contato com a família e oferecer ajuda, o telefone de Cândida é (66) 9 9911 0799 e o de Gildeon é (66) 9 9629-5442 (Com informações da Assessoria)

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2018 - Publicidade Nova Visão - CNPJ 07.296.611/0001-78. Jornalista responsável Jose Paulo Batista DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 002121