20/04/2018 às 06:33h
Chefe de quadrilha de golpes pelas internet é identificado em Pontes e Lacerda

Assessoria | PJC-MT

Um homem de 34 anos foi descoberto como um dos mentores e chefe da quadrilha de estelionatário que aplicou golpe, utilizando sites de compra e venda na internet. A investigação é da Delegacia Regional e Delegacia de Polícia do município de Pontes e Lacerda (448 km a Oeste), desarticulada na operação denominada “OLX”, na quinta-feira (19).

Com auxílio do Núcleo de Inteligência, o suspeito D.S.C, 34 anos, foi identificado e teve um mandado de busca e apreensão cumprido em sua residência, no final da tarde de quinta-feira (19). O suspeito, ao tomar conhecimento, da prisão de cinco  integrantes, ocorrida pela manhã, deixou a residência e está foragido até o momento.

A ordem judicial foi representada pelo delegado, Carlos Augusto do Prado Bock e cumprida pelos investigadores da Delegacia Municipal. Na casa, os policiais apreenderam 1 pistola 9mm, munições do mesmo calibre, dinheiro oriento de estelionato, além de HD contendo imagens que serão devidamente periciadas.

O golpe

Os suspeitos, José Augusto Pinheiro Gonçalves, 24, Marcos Roberto Gerola de Sá, 24, Maicon Henrique Silva Sales, 22, Esdras Cassiano da Silva, 54, e Cristiano Martins Pereira, 27, foram autuados em flagrante pelos crimes de estelionato e associação criminosa. Esse último também responderá por contrabando e armazenamento ilegal de ouro.

Na quarta-feira (18), o grupo aplicou o golpe em uma vítima de 33 anos, moradora da cidade de Goiânia (GO). Na ocasião, os suspeitos, mediante estelionato, simularam a venda de um veículo Toyota Corolla, obtendo a quantia de R$ 68 mil, depositada na conta de Cristiano Martins Pereira.

Após tomarem conhecimentos do golpe aplicado através da internet, pelo site de compra e venda OLX, investigadores de polícia rapidamente conseguiram levantar as informações e identificar os envolvidos no crime.

O titular da conta bancária emitiu quatro cheques no valor de R$ 5 mil, cada, que foram trocados direto no caixa da agência bancária, pelos suspeitos José Augusto, Marcos Roberto, Maicon Henrique e Esdras Cassiano. Outros R$ 9,5 mil foram debitados em uma máquina de cartão pertencente a pessoa de Maicon Henrique.

Durante diligências na residência de Cristiano, foram apreendidos mais de R$ 5,5 mil em dinheiro, provenientes dos saques feitos pelos comparsas, duas folhas de cheque preenchidas em R$ 5 mil cada, as quais possivelmente seriam trocadas nesta quinta-feira (19), mais duas folhas de cheque em branco, além de trinta e seis maços de cigarro contrabandeados e 5,3 gramas de ouro em pepitas.

 

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2018 - Publicidade Nova Visão - CNPJ 07.296.611/0001-78. Jornalista responsável Jose Paulo Batista DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 002121